Tulipa está à espera de um Vitória de Setúbal “com pele de cordeiro, mas transformado em lobo”. O Trofense joga em casa, este domingo, e segundo o treinador, “necessita destes três pontos”, para concretizar o objectivo da época, não descer de divisão.

“Concentração” é a palavra-chave para o duelo frente ao Vitória de Setúbal este domingo. O Trofense precisa de marcar os três pontos para terminar a época na primeira Liga.

“Nós não cometemos muitos erros nos últimos jogos, nós fomos regulares contra a Académica e o jogo ficou decidido por um lance de grande execução por parte do atleta da académica, nós dispusemos de mais oportunidades e não as conseguimos fazer. Mas a equipa ultimamente não tem sido penalizada com muitos erros individuais e o nosso comportamento tem sido mais deficitário em zonas de finalização, porque a nível defensivo a equipa tem estabilidade”, afirmou Tulipa em conferência de imprensa.

À espera de um Vitória de Setúbal “com pele de cordeiro, mas transformado em lobo”, Tulipa não quer que a equipa cometa erros.

“Temos de ser muito concentrados, muito rigorosos em jogo e não cometer erros porque o nosso adversário mudou estruturalmente a sua equipa, ou seja, era uma equipa que se sentia muito confortável, hoje prepara essencialmente o erro do adversário e nós, em nossa casa não podemos cometer erros e temos que perceber que a nossa situação na primeira volta quando defrontamos este adversário, era uma situação diferente”, explicou o técnico.