A imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima passou na Trofa, onde foi recebida pelas pétalas de rosas lançadas pelos devotos, que esperavam a sua passagem junto à rotunda do Catulo.

A imagem que passou pela Trofa na manhã da última quarta-feira é uma réplica da que está no Santuário de Fátima e “esta visita tem um significado muito grande para todos os trofenses”. Esta é a convicção de Luciano Lagoa, responsável da vigararia Trofa/Vila do Conde, que ficou “muito contente” com a presença das pessoas no centro da cidade.

O padre confessou que “a Trofa tem um amor particular por Maria e isso vê-se, também, nas actividades realizadas durante o mês de Maio”. Esta passagem da imagem pela Trofa é mais “um incentivo” à devoção mariana e “uma honra e fonte de bênçãos”. “É como se a imagem do Santuário descesse até nós”, assegurou ao NT/TrofaTv. No entanto, o pároco não deixou de ressalvar o facto de que “a Senhora esteja sempre presente de muitas maneiras”.

Depois da passagem pela Trofa, a imagem seguiu em direcção a Santo Tirso e Paços de Ferreira.

As imagens peregrinas do Santuário de Fátima percorrem todo o mundo e, no âmbito da Missão 2010, uma dessas imagens está a percorrer toda a diocese. Esta peregrinação vai terminar no Porto, no próximo domingo.