Com jogadas mais ou menos certeiras, os meninos e meninas dos 3º e 4º anos das escolas trofenses participaram no Torneio Concelhio de Gira-Vólei, realizado no Parque de Jogos da Ribeira, em Santiago de Bougado, na manhã de sábado.

O calor começava a apertar, mas mesmo assim, meninos e meninas não desistiram de dar o seu melhor nos jogos do Torneio Concelhio de Gira-Vólei, promovido pela Câmara Municipal da Trofa, em colaboração com a Associação de Voleibol do Porto.

No Torneio podiam participar todos os alunos inscritos no projecto gira-vólei e as três melhores equipas ganharam a participação no Torneio Regional, que vai decorrer no mês de Junho.

O gira-vólei é uma actividade desportiva praticada nas escolas do Ensino Básico do concelho, no âmbito das Actividades Extra Curriculares (AEC) e a Trofa “é um dos concelhos pioneiros na modalidade”, explicou ao NT João Lemos, da Divisão do Desporto e Juventude da Câmara Municipal da Trofa.

O Torneio Municipal é a mais importante de todas as actividades que são realizadas ao longo do ano nas escolas e quase todas estiveram representadas. “Esta é uma actividade que a Divisão do Desporto quer continuar a desenvolver, até porque é uma das poucas práticas desportivas que abrange todas as crianças do concelho”, garantiu o técnico.

No final, as medalhas foram atribuídas a seis equipas, três masculinas e três femininas. As equipas masculinas vencedoras foram as duplas EB1 Feira Nova-A, EB1 Giesta 2 e EB Cidai-B, enquanto que no sector feminino venceram as escolas EB1 Querelêdo, EB1 Estação do Muro e EB1 Cidai-B.

Teresa Fernandes, vereadora do Desporto e Juventude, entregou os prémios aos vencedores e fez um balanço “muito positivo” da actividade, uma vez que foram os pais das cerca de 80 crianças que participaram no torneio a levar os filhos até ao Parque de Jogos da Ribeira, “o que já é um passo muito importante”. A responsável pelo pelouro do Desporto ressalvou que “a iniciativa serve para fomentar um espírito competitivo ligeiro e saudável nas crianças e para os incentivar a praticar voleibol e outros desportos ao ar livre”, o que, de resto, “é uma das obrigações da Câmara Municipal enquanto entidade pública”.

A Câmara Municipal “vai desenvolvendo este tipo de actividades, sobretudo com os mais novos, porque é importante que conheçam hábitos de vida saudável desde cedo”, asseverou Teresa Fernandes. “A participação dos pais nestas actividades é, igualmente, importante, pois, assim, têm a oportunidade de avaliar o trabalho desenvolvido pela autarquia em prol das crianças”, concluiu.