Todos os anos, no mês de agosto, são muitos os que se juntam para participar na maior romaria do concelho. A festa em honra de Nossa Senhora das Dores é um fator de atração de muitos visitantes à Trofa. Mas, para que esta se concretize depende da existência de uma Comissão de Festas, algo que, até ao momento, ainda não está definido. “Era importante que não se deixasse de realizar as festas de Nossa Senhora das Dores ir abaixo nem se deixasse a organização para muito tarde, porque o tempo já vai começar a tornar-se escasso”, frisou o pároco Luciano Lagoa, que apela aos paroquianos dos vários lugares que se mobilizem na criação da Comissão de Festas.