simulacro-secundaria 

Não fosse um extintor que não funcionou e uma mangueira rebentada, o exercício de emergência realizado, esta quinta-feira, na Escola Secundária da Trofa, teria corrido na perfeição. Apesar de algumas dificuldades apuradas, os responsáveis fizeram um balanço positivo do exercício, nomeadamente da forma como decorreu a evacuação dos alunos para os pontos de encontro pré-definidos.

À semelhança de outros exercícios realizados anteriormente, o simulacro, que contou com a participação dos Bombeiros Voluntários da Trofa para a montagem e simulação de um sistema de incêndio, visou testar a eficácia dos próprios meios do estabelecimento de ensino em situações de emergência.

Reportagem alargada na próxima edição do NT, quinta-feira nas bancas.