Cozinhas e móveis de sonho e portas seguras são uma garantia para quem escolhe a Ayeme Cozinhas e a Trancar – Portas de Segurança, que na passada sexta-feira abriram um novo salão de exposição, em Santo Tirso, junto à saída da A3. A inauguração contou com a presença de António Castro Guerra, Secretário de Estado Adjunto da Indústria e Inovação.

“Esta empresa fez um investimento com auto-financiamento e isto é louvável, tem um balanço que estou seguro que lhe permitirá atravessar a crise sem grande sobressalto”. Foi desta forma que António Castro Guerra, Secretário de Estado Adjunto da Indústria e Inovação, caracterizou o sucesso da Ayeme Cozinhas e a Trancar – Portas de Segurança.

Para António Castro Guerra, a Ayeme Cozinhas e a Trancar são também um exemplo de como ultrapassar a crise económica. “Vim aqui com prazer, podia arranjar muitos argumentos para não estar aqui, porque tenho muita coisa para fazer no meu gabinete, mas eu preciso de casos destes para lidar com a crise, porque iniciativas desta natureza dão-nos força anímica para lidar com realidades menos positivas”, afirmou o Secretário de Estado Adjunto da Indústria e Inovação.

A inauguração das novas instalações da empresa, em Santo Tirso, junto à saída da A3, vão permitir, de acordo com o responsável pela empresa, Augusto Moreira, a “internacionalização da empresa”.

“Estou convencido que aquilo que fizemos ao longo destes 15 anos, se continuarmos a ter este sucesso, em poucos anos seremos o dobro da empresa que somos hoje e é essa a nossa motivação”, afirmou Augusto Moreira.

Espanha, França, Marrocos e Angola são alguns dos mercados nos quais a Ayeme e a Trancar já estão implantadas, mas a empresa não vai parar por aqui: “apesar de termos aqui uma boa quota de mercado, a nossa finalidade é a exportação. Estávamos só à espera de ter esta unidade fabril a funcionar em pleno para ter uma melhor capacidade de resposta para estes novos mercados”.

Satisfeito com o empreendedorismo da Ayeme Cozinhas e da Trancar estava também Castro Fernandes, presidente da autarquia tirsense, que não deixou de frisar a qualidade das empresas do concelho.

“Esta é uma empresa diferente da indústria têxtil, nós temos também outros ramos de indústria como os isolamentos termo-acústicos, os plásticos, o turismo, porque o maior investimento turístico que está a ser feito no norte de Portugal é em Santo Tirso, muitas pessoas não o conhecem, porque normalmente quando se fala de Santo Tirso é só pela negativa, e esquecem-se as coisas positivas. Hoje por exemplo, poderia falar-se que está a avançar uma grande empresa na área das cozinhas e das portas que é uma referência, porque está a exportar para a Espanha, França, Marrocos, Angola e tem grandes clientes em Portugal”, frisou o autarca.

A Ayeme Cozinhas e a Trancar – Portas de Segurança empregam 50 trabalhadores que, segundo o responsável, “apostam na inovação e no empreendedorismo”.