A partir de janeiro, Santo Tirso terá um novo sistema de Transportes Urbanos (TUST), que vão ser “mais inclusivo, mais seguros, mais acessíveis e mais ecológicos”.

“Dar uma nova imagem ao serviço, reformular carreiras e horários, articular os TUST (Transportes Urbanos de Santo Tirso) com a REFER e modernizar a frota de veículos” motivou a Câmara Municipal de Santo Tirso a “reestruturar” os transportes urbanos, com o “único propósito” de “salvaguardar e dar continuidade a este serviço público, que em muito influência a vida dos munícipes em geral e dos grupos sociais mais vulneráveis, em especial”.

Castro Fernandes, presidente da Câmara Municipal, anunciou, na apresentação pública que decorreu no dia 19 de dezembro, no salão nobre dos Paços do Concelho,que a partir do dia 1 de janeiro de 2013 o novo sistema de TUST vão entrar em funcionamento. Uma apresentação que contou com a presença dos Consultores Técnicos e os Operadores de Transportes, que constituem a Empresa Concessionária, que apresentaram o novo sistema.

Segundo os consultores técnicos e especialistas em transportes, que desenvolveram os estudos que levaram ao novo sistema de transportes públicos, o novo sistema dos TUST será “mais inclusivo, mais seguro, mais acessível, mais confortável e mais amigo do ambiente”. Ou seja, a nova frota será constituída por veículos “mais recentes e confortáveis” e que estarão, inclusive, preparados para “receber e transportar pessoas com mobilidade reduzida”. “A nova rede dos TUST oferecerá mais e melhor informação, novos horários, e percursos novos e mais ajustados às necessidades diárias dos utentes. Como grande novidade surge o reforço da complementaridade dos TUST com a ferrovia através de uma nova ligação entre o centro da cidade e a estação de comboios”, afirmou fonte da autarquia.

A nova rede TUST terá um total de sete linhas (Central de Camionagem – Estação da REFER; Central de Camionagem – Ermida; Central de Camionagem – Torre; Central de Camionagem – Tarrio; Central de Camionagem – Abelha; Central de Camionagem – Outeiro e Central de Camionagem – Várzea) e 191 paragens, sendo que, em todas elas, haverá “suportes fixos, incluindo informação em braille para invisuais”, com informação sobre a rede, designadamente linhas e horários. Serão realizadas 152 viagens por dia, durante a semana. e 74 viagens por dia, aos sábados e domingos. As tarifas variam entre os “0,80 euros (uma zona)” e os “1,50 euros (quatro zonas)”, sendo que os utilizadores dos TUST podem optar pela tarifa de bordo (bilhete de uma viagem), ou pelo cartão multiviagens, que permite aceder ao serviço “a preços bonificados”, ou, ainda, pelo passe (cidade, geral, idoso e reformado).

As informações sobre as linhas, períodos de funcionamento e tarifário já se encontram disponíveis na Central de Camionagem, na Câmara Municipal e nos autocarros dos TUST, sendo disponibilizada “mais informação em suporte papel”, dentro dos próximos dias, que será distribuída junto dos “potenciais utilizadores e na página eletrónica do município”. Caso tenha alguma dúvida pode contactar os Serviços de Trânsito da Câmara Municipal de Santo Tirso.
{fcomment}