De manhã despediu-se do Vizela, à tarde assinou contrato com o Trofense. Daniel Ramos vai comandar a equipa até final da época e tentar cumprir o objectivo de subir à Primeira Liga.

daniel-ramos---trofense

Pela rapidez da mudança, Daniel Ramos ainda tentava digerir o regresso à Trofa na terça-feira. Garante que a iniciativa de sair do comando do Vizela “não teve nada a ver” com o convite da direcção do Trofense que, por sua vez, não passou de uma “coincidência”.

Leia a entrevista completa na edição papel desta semana d’O Notícias da Trofa.