Em setembro, a Escola Básica 2/3 de S. Romão do Coronado vai contar com uma turma de 10º ano de Ciências e Tecnologias. Este é o primeiro passo para a inclusão do Ensino Secundário no estabelecimento de ensino.

A Escola Básica 2/3 de S. Romão do Coronado vai contar com Ensino Secundário já no próximo ano letivo. O anúncio foi feito por José Magalhães, diretor do Agrupamento de Escolas do Coronado e Covelas, na sexta-feira, 1 de junho. À margem da inauguração da biblioteca escolar em Querelêdo, Covelas, o docente afirmou ao NT/TrofaTv que a “expansão” do nível de escolaridade era “uma ambição muito antiga, quer da direção como de alguns professores”. 

“Finalmente, a Direção Regional de Educação do Norte propôs-nos a abertura de uma turma na área de Ciências e Tecnologias para o 10º ano. Será o preâmbulo para a escola conseguir atingir o Ensino Secundário até ao 12º ano”, explicou. A proposta é já para aplicar “no próximo ano letivo”, ou seja, em setembro, o estabelecimento de ensino contará com uma turma do 10º ano.

José Magalhães considera que ao ver incluído o Ensino Secundário em S. Romão do Coronado, o concelho “ficará com um desenho mais equilibrado” ao nível educativo, pois a sul existirá um novo “polo” dos 13 aos 18 anos, para além do que já existe no centro, com a EB 2/3 Professor Napoleão Sousa Marques e Escola Secundária da Trofa. “Isto vai permitir uma melhor gestão dos recursos e que os alunos que terminam o 9º ano não tenham que se deslocar para o centro da Trofa com todos os gastos e inconvenientes que lhes estão inerentes”, acrescentou. 

De acordo com o docente, as matrículas possibilitarão “a escolha” dos alunos de se manterem em S. Romão do Coronado ou preferirem outro estabelecimento. Esta proposta surge na sequência da decisão da Direção Regional de Educação do Norte (DREN) de fundir o agrupamento do Coronado e Covelas com o do Castro. José Magalhães acredita que, ao acolher o Ensino Secundário, potencia-se o fator “da proximidade” que se pode perder na criação do mega-agrupamento, que, à partida, ficará responsável pelas escolas das freguesias de Guidões, Alvarelhos, Muro, Covelas, S. Romão e S. Mamede do Coronado.

Ao ver ampliado o nível de ensino, a questão impõe-se: será a escola de S. Romão a nova sede do novo mega-agrupamento que vai nascer?

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.

{fcomment}