O S. Martinho está aí à porta e por isso mesmo há que comemorá-lo. Na Trofa os festejos realizam-se um pouco por toda a parte.

A Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado vai realizar um magusto na sexta-feira, 11 de novembro, no Parque de Nossa Senhora das Dores com início pelas 17 horas onde não vai faltar porco no espeto, castanhas, figos e vinho. Pelas 19 horas vai ser realizada uma missa na Capela de Nossa Senhora das Dores em honra de S. Martinho – padroeiro da freguesia. Também no domingo, 13 de novembro, vai ser feita no final da missa das 11 horas da igreja nova uma homenagem a S. Martinho.

Ainda na sexta-feira, dia 11 de novembro, vai realizar-se um arraial de S. Martinho, pelas 20 horas no salão paroquial de Alvarelhos, promovido pelo Grupo de Jovens de Santa Maria de Alvarelhos. O objetivo é que todas as gerações convivam e desfrutem de uma noite de S. Martinho. Música e uma festa tradicional são elementos garantidos. O preço do bilhete é de 7.50 euros para os adultos e de 3.50 euros para as crianças entre os seis e os dez anos. Inclui caldo verde, carne, vinho, pão e tudo é servido à descrição. As crianças até aos cinco anos não pagam bilhete. O valor angariado reverterá a favor da construção da futura sede do grupo de Jovens.

Também no dia 11, a Associação de Pais da Escola de Cedões vai promover um arraial de S. Martinho. O evento terá início pelas 19 horas e contará para além das habituais castanhas assadas, com animação musical. O Rancho Etnográfico de Santiago de Bougado e o Grupo Etnográfico do Orfeão do Porto vão marcar presença nesta iniciativa e animar o arraial de S. Martinho na Escola.

Também no dia 13 de novembro, domingo, a Associação Recreativa S. Pedro da Maganha vai realizar uma festa em honra de S. Martinho, que começa pelas 14.30 horas. Nesta festa não vai faltar animação nem “comes e bebes”. Por três euros pode ter acesso à música e à gastronomia presente neste evento. “Castanhas, figos, nozes, sardinhas assadas na brasa e vinho à descrição” vão reconfortar o estômago daqueles que também podem animar-se com o conjunto de música tradicional portuguesa “Lírio Roxo”. 

{fcomment}