“Um bom teste para Londres”. Este foi o balanço do trofense Rui Pedro Silva, que venceu a 9ª Corrida do Benfica António Leitão, no domingo, 30 de março.

O atleta, que veste a camisola das “águias”, desde cedo, destacou-se na corrida de dez quilómetros, completando-a em 30:05 minutos, menos seis segundos que o brasileiro Paulo Paula. Bruno Jesus, também do Benfica, foi terceiro, a 18 segundos do vencedor.

Para o trofense, que já havia triunfado na época passada, esta foi “uma vitória difícil”, porque “na última semana” teve “vários contratempos com uma contratura na virilha” e teve de “jogar um pouco à defesa”, na fase inicial da prova. “Foi melhor do que esperava, depois de vir de uns dias de paragem e ainda fisicamente não estar no meu melhor. Foi espetacular”, acrescentou, sublinhando que foi “um bom teste para a Maratona de Londres (13 de abril)”.

Na prova feminina, Dulce Félix ganhou com um tempo de 34.02 minutos, contra 34.27 de Filomena Costa (Jardim da Serra) e 34.53 de Sara Moreira (Maratona).

A Corrida do Benfica António Leitão, contou com “mais de 12 mil participantes” e realizou-se nas imediações do Estádio da Luz, passando pelo interior do Estádio e terminando na Praça do Centenário.