A correr pelo Sport Lisboa Benfica, o trofense Rui Pedro Silva confirmou o “hexa” na S. Silvestre do Porto, que decorreu no domingo, 28 de dezembro.

“É especial, porque é a sexta vitória consecutiva”. O trofense Rui Pedro Silva, a correr pelo SL Benfica, foi o primeiro a terminar os dez quilómetros da S. Silvestre do Porto. Uma façanha que conseguiu pelo sexto ano consecutivo, o que para o atleta foi uma vitória especial.

A Avenida dos Aliados foi o local escolhido para a partida e chegada da S. Silvestre, que foi concluída por “8786 participantes”, segundo dados avançados pela organização.

Durante o final da tarde de domingo, 28 de dezembro, as ruas da Invicta estavam preenchidas por pessoas que participavam ou que simplesmente assistiam à confirmação da hexa vitória de Rui Pedro Silva, que se destacou com um tempo de 29:48 minutos, antecipando-se ao seu colega de clube, Rui Pinto, por 18 segundos. Em declarações à comunicação social, o trofense denotou que “todas as vitórias foram complicadas” e esta “foi igual”. “Tive um grande adversário, que foi o Rui Pinto. Vinha com o objetivo de conseguir vencer. Na primeira parte, tentei resguardar-me um pouco para, na segunda parte, conseguir dar o último ataque para me conseguir distanciar. Foi o que aconteceu. Aumentei o ritmo na segunda parte e depois foi sofrer para conseguir cortar a meta”, explicou Rui Pedro Silva.

O atleta está “muito feliz por ter vencido a S. Silvestre do Porto e ainda por cima por ter sido a sexta vez consecutiva, que é uma grande marca e que nenhum atleta o conseguiu”. “Foi uma corrida bem disputada, muito rápida, isolei-me aos cinco quilómetros e depois geri”, analisou.

O próximo objetivo do trofense é que a 11 de janeiro, o “Benfica seja Campeão Nacional de Estrada”.

O pódio ficou ainda completo por Licínio Pimentel, com 30:54 minutos, relegando para fora do pódio José Moreira (Benfica-31:04 minutos) e Paulo Gomes (Benaventense-31:09 minutos).

Na prova feminina, Filomena Costa, da ACD Jardim da Serra, garantiu o primeiro lugar do pódio, terminando a corrida com 33.36 minutos. O pódio ficou completo por Sara Pinho, do Sporting, com o tempo de 35.27 minutos, e de Leonor Carneiro, do Sporting, com o tempo de 35.38.

Na S. Silvestre houve ainda a Caminhada com um percurso de cinco quilómetros de extensão, que ascendeu aos “17 mil participantes”.