A companhia de dança americana, Bad Boys of Dance (BBD), passou pelo Coliseu do Porto na noite passada para mostrar o seu novo espetáculo Rock the Ballet, que aliando técnicas do ballet clássico à dança moderna, está repleto de ritmos contemporâneos e coreografias acrobáticas energéticas, e salpicado de rasgos de humor.  A banda sonora é constituída por grandes êxitos da pop e do rock, com temas de Michael Jackson, Justin Timberlake, Kanye West, INXS, Coldplay, David Bowie, entre muitos outros.

Inovadores, ousados, modernos e excelentes bailarinos, estes bad boys são o resultado da inspiração única do prestigiado coreógrafo Rasta Thomas, um visionário que cedo percebeu o impacto que a fusão entre o ballet clássico e os ritmos dos nossos dias pode provocar, quando delineada pelo rigor, bom gosto e criatividade de um artista em permanente evolução.

Rasta Thomas, nascido em 1981 em San Francisco, ganhou variadas competições de dança e trabalhou com diversas companhias. Em 2007 fundou os BBD, companhia cujos bailarinos são escolhidos segundo critérios muito exigentes, e tendo em conta quer as suas capacidades físicas e técnicas quer o seu sentido artístico. A companhia assume como missão fazer evoluir as fronteiras da dança e proporcionar os mais emocionantes espetáculos de dança do mundo. 

A propósito de Rock the Ballet, o New York Magazine escreveu que “A técnica é irrepreensível!”. O New York Times apelidou-o de muito divertido, e o Sunday Age Review de Melbourne salienta que este “grupo energético (..) faz puro entretenimento!”. Nós confirmamos que todas as afirmações são verdadeiras. Ao longo da atuação dos BBD, um Coliseu praticamente esgotado, rendeu-se a um espetáculo pautado pela inteligência teatral e pela imensa química entre artistas que resultou numa muito aplaudida atuação.

Texto: Joana Teixeira
Fotos: Miguel Pereira

Fotogaleria (clica nas imagens para aumentar)
 {phocagallery view=category|categoryid=43}