Ricardo Moreira, que presidiu a Assembleia de Freguesia de Alvarelhos e Guidões até 2015, começou a ser julgado esta segunda-feira, dia 19 de março, no Tribunal de S. João Novo, no Porto. Ricardo Moreira é acusado de ter desviado mais de 17 mil euros da Área Metropolitana do Porto (AMP).

Leia mais na edição papel desta semana do jornal O Noticias da Trofa