A APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental) da Trofa encontrou uma forma que permite aos trofenses aliar a ajuda aos outros à preservação ambiental. Para isso, basta entregar o seu “lixo” para ser tratado na empresa de inserção Pró-ambiente, criada pela associação. Os resíduos recicláveis como papel, plástico, vidro, esferovite, pilhas e óleos domésticos podem contribuir para que a APPACDM continue a desenvolver o seu trabalho. “O aumento dos produtos recolhidos pela Pró-ambiente é fundamental para garantir o bem-estar dos nossos utentes, pois devido à conjuntura económica actual e à consequente redução do apoio do Estado, a associação vê-se na obrigação de encontrar outras soluções financeiras que permitam manter o normal funcionamento da instituição, evitando a extinção de postos de trabalho e o reencaminhamento de jovens com deficiência mental para casa”, alerta fonte da associação. Se quer ajudar, contacte a APPACDM através dos números de telefone: 252 409 060 ou 252 414 066.