O Grupo Bial, em parceria com o Hospital da Trofa, vai realizar rastreios aos factores de risco das doenças cardiovasculares – a primeira causa de morte em Portugal – durante a semana de 15 a 19 de Outubro, das 09h00 às 19h00. A iniciativa tem como principal objectivo detectar e alertar a população para estas patologias e factores de risco associados. Os rastreios são gratuitos, estando sujeitos por motivos logísticos a marcação prévia através do número: 252 409 100.

  Os rastreios serão realizados por pessoal técnico do hospital, no hall de entrada da unidade hospitalar, e irão incluir  três tipos de testes: electrocardiogramas, medição de colesterol e de tensão arterial. Espera-se a presença de cerca de 300 pessoas ao longo dos 5 dias em que vão decorrer os rastreios que visam alertar e sensibilizar a população em geral para os números e factores de risco das doenças cardiovasculares em Portugal. Nos casos em que os exames realizados revelem valores alterados, as pessoas serão aconselhadas a partilhar os resultados com o seu médico.

A atitude das pessoas face aos problemas do foro cardiovascular, que passam pela prevenção e adopção de hábitos saudáveis, é crucial no combate a estas patologias e tem influência directa na qualidade e longevidade de vida, reduzindo os riscos de um acidente vascular. Recorde-se que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte em Portugal, bem como de incapacidade e perda de qualidade de vida. Todos os anos, morrem mais de 30 mil portugueses devido a problemas cardiovasculares. Neste momento, a melhor maneira de combater estas doenças é através da prevenção, controlando os factores de risco: hipertensão arterial, obesidade, tabaco, sedentarismo, stress, colesterol e álcool.

Para Bial esta iniciativa insere-se na política de responsabilidade social do grupo que desempenha um papel activo na informação e sensibilização para os principais problemas de saúde que afectam a população.