“Calendário imponente; Toda a tua gente tem bom coração; Já vão o milho cortar; Pronto p’ra secar e te dar o pão”. Este foi o verso que mais se ouviu na noite em que as Marchas Antoninas saíram às ruas de Vila Nova de Famalicão. A marcha “Unidos por Calendário” foi a grande vencedora da noite com o tema “A Vindima”.

Mas a noite foi de festa para todos. Vila Nova de Famalicão viveu a sua grande noitada de Santo António, com as doze associações participantes a percorrerem a cidade numa alegre e saudável disputa de som, luz, cor e brilho.
Com as ruas apinhadas de gente, as marchas desfilaram orgulhosas entre a multidão, entoando os seus temas e balançando as coreografias.

Numa tendência ainda recente, entre as marchas famalicenses, começam a marcar presença algumas celebridades televisivas. Foi o caso da marcha “Unidos Por Calendário” que apresentou como padrinhos os actores Dania Neto e Paulo Rocha. Também a marcha de S. Martinho de Brufe, trouxe o participante do programa Família Superstar, Fernando Pereira e Andreia da girls band “Non Stop”, entre outras celebridades.

Já no Estádio Municipal, as bancadas foram pequenas para acolher os milhares de pessoas que assistiam às actuações. Os versos entoados tinham eco nas bancadas, com as claques muito bem organizadas. Com o bairrismo à flor da pele, bandeirinhas, balões e palavras de incentivo as claques puxavam pela sua marcha preferida, num espectáculo que espelha bem a rivalidade em jogo.

Na tribuna o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Armindo Costa, assistia ao desfile, mostrando-se “muito satisfeito e orgulhoso com o espectáculo”. “A qualidade e beleza das nossas marchas deixam orgulhoso qualquer famalicense”, afirmou. Questionado sobre a sua marcha preferida, Armindo Costa disse que “todas elas mostraram grande talento e criatividade”. “Por mim, venciam todas”, salientou.

Mas como isso, não poderia ser possível, depois de mais de duas horas de espectáculo o júri dava a conhecer os vencedores, com a Marcha “Unidos por Calendário”, a arrecadar o primeiro prémio, com 307 pontos. Em segundo lugar ficou a marcha de Oliveira S. Mateus, com 301 pontos e em terceiro lugar “Unidos por Avidos”, com 297 pontos.

Mas a noite era ainda uma criança e a festa durou até o sol nascer. E enquanto nas barraquinhas dos comes e bebes se assavam as sardinhas e se bebia o vinho da terra, os mais corajosos aproveitavam para cumprir a tradição do salto das fogueiras.

Resultado da votação do Júri das Marchas Antoninas 2010:

1.º Classificado – Associação Unidos por Calendário – 307 pontos
Tema: A Vindima
2.º Classificado: Freguesia de Oliveira S. Mateus – 301 pontos
Tema: Mocidade da Nossa Terra
3.º Classificado – Unidos por Avidos – 297 pontos
Tema: As Tradições
4.º Classificado – Associações de Moradores das Urbanizações de Lousado, Fradelos e Cal – 290 Pontos
Tema: Jardins de Santo António
5.º Classificado – Associação Cultural e Desportiva de S. Martinho de Brufe – 289 pontos
Tema: Santo António, Água e Vinho
6.º Classificado – Associação Recreativa e Cultural de Antas – 286 pontos
Tema: Soldados da Paz
7.º Classificado – Associação Recreativa e Social de S. Salvador da Lagoa – 270 pontos
Tema: Famalicão a Nossa Cidade
8.º Classificado – Associação Cultural e Recreativa de S. Pedro de Riba de Ave – 265 pontos
Tema: Santo António, Uma Tradição
9.º Classificado – Unidos por Sezures – 260 pontos
Tema: 100 anos da República Portuguesa
10.º Classificado – Ass. Humanitária dos Bombeiros de Riba D’Ave – 244 pontos
Tema: As Romarias
11.º Classificado – CNE de Delães – 243 pontos
Tema: Arqueologia
12.º Classificado – Associação Recreativa e Cultural Flor do Monte – 235 pontos
Tema: Centenário da República