Domingo, eu, a minha vassoura e mais uns 20 lá fomos até Freamunde, terra dos galos capões.

Ainda não eram 9.30 horas e já lá estávamos a desfilar em traje oficial num dos cafés das redondezas do Estádio. Quando os nossos jogadores chegaram, aproveitamos para lhe fazer Guarda de Honra, tipo Stewards, não dos túneis, mas de entrada de Estádio.

Quanto ao desafio, foi o verdadeiro espelho desta época. Cheio de cambalhotas, com o Reguila a fazer três bons golos, a falhar outros tantos, mas a ser o homem do jogo, desta vez pela positiva. No primeiro, tirou partido do Kika ser um bom rapaz, colocou-o em posição regular e o nosso 11 numa boa jogada individual finalizou com categoria. O Freamunde reagiu e num repente, virou o resultado para 2-1, com um grande golo do Emanuel a tirar partido da lentidão do Jorge Luiz no início do lance e de penalti, num lance muito discutível. O Bruxo viu, uma falta sobre um jogador do Trofense, que o árbitro não marcou a jogada seguiu e acontece o penalti. O jogo foi de manhã, estava sóbrio, logo, vi muito bem a falta.

Mas o dia era do Reguila e pouco depois, à “CR 11”, marcou um livre que parecia um míssil e empatou o jogo.

Assim chegou o intervalo com os adeptos a morrer de sede. E um bar? Zero, nem uma banca. É que os seguranças não nos deixavam sair do estádio para virmos cá fora molhar a goela!!! Troca de palavras e o Bruxo, cheio de argumentos, lá conseguiu que se abrisse as portas. Saiu quem quis, graças ao Bruxo. A minha sede aguça-me o poder de persuasão.

Na segunda parte, o Trofense dominou completamente e o “R11”, fuzilou de cabeça e fez o terceiro golo que nos deu uma vitória merecida e passou a ser o melhor marcador da II Liga.

Ganhamos jogando bem. Boa exibição colectiva, com destaque para o “R11”, Varela e Bruno Sousa. Foi muito bom ter dado na TV para o país inteiro ver que o Trofense está bem vivo e que o futuro promete.

Engraçado, cheguei a casa e fui ver a gravação do jogo. Não é que os comentadores atribuíam a má época do Trofense às lesões e castigos do início da época. Parece que a SporTV tem uma secção aqui no Blog ou lê as Rubricas do Bruxo.

Já sei que alguém dirá, “Oh, esses comentadores estão comprados”, ou, “devem ser amigos do DD”, ou, “andam-se a fazer à camisola do concurso da foto” ou ainda, “estes tipos não percebem nada”!!!!

O Bruxo tem um Serviço de Informações Secretas e sabe que enquanto o “Bébé mamar”, esses comentários serão a medo. Logo que o Bébé deixar de mamar, vai tentar fingir que “nasce ” outra vez. Mas como isso só pode acontecer lá para Novembro, até lá teremos tempo para tratar desse “bebé rejeitado” e pode ser que seja adoptado por um casal numa ilha do Pacífico. Eles lá precisam de bebes mamões…têm “pouca” população!

No tempo certo, o Bruxo vai contar essa história direitinha, sobre o “bebé mamão”, a quantidade de leite que mama por mês, os biberões e as manhosices que usa e que quer usar para continuar a mamar a vida inteira.

O Bruxo como um autêntico Trofense, está atento e não vai deixar que os Bébés gordos de tanto leite, com as fraldas todas molhadas, finjam que nascem para nos apanhar a dormir.

O Bruxo também sabe que para alguns (muito pouquinhos) o futuro DD do Trofense, deveria ser o Valdano do Real Madrid. Porque esse pode gastar 300 milhões de euros em jogadores e falhar todos os objectivos, ver a equipa humilhada na Taça do Rei por outra da 3ª divisão e não receber nenhuma critica. É alto, usa fato e gravata e tem sotaque. Logo, na Trofa tem tudo para dar certo. Tem “imagem” e aqui come-se muito a imagem. Erra muito e na Trofa, “adora-se” quem falha muito. Tem é que ter uma “certa imagem”. O Bruxo é anti “essas imagens” e já deu instruções às suas vassouras para se prepararem para dar umas vassouradas. Desta vez vão ser umas valentes vassouradas.

Se capamos os galos, também somos capazes de os comer…

 

Bruxo do Curral da Mula