A TrofaTv fez quatro anos a 11 de outubro. Muitos são os momentos eternizados por este meio de comunicação que nasceu para complementar o trabalho desenvolvido no jornal O Notícias da Trofa.

À semelhança do espírito com que o jornal O Notícias da Trofa foi criado, em pleno ano de crise em 2002, também a TrofaTv foi um projeto arrojado que se tem revelado numa aposta ganha.

Onze de outubro de 2007 foi o dia inaugural da emissão da televisão da Trofa que, diariamente e durante todo o ano, mostra os acontecimentos mais relevantes do concelho e da região. Passados quatro anos, muito já há para dizer desta “criança” que cresce, sustentadamente, graças ao trabalho de uma equipa jovem, dinâmica e sempre atenta às exigências dos novos tempos. Os momentos marcantes multiplicam-se à medida que se percorrem os quatro anos de emissão através do site www.trofa.tv. Através da internet, a TrofaTv chega a todos os trofenses, que estão na Trofa, no País ou em qualquer parte do Mundo. Foi através da TrofaTv que puderam assistir à subida histórica do Clube Desportivo Trofense à 1ª Liga, avaliar os quatro candidatos à Câmara Municipal nas eleições autárquicas de 2009 num debate televisivo e acompanhar a par e passo, e em direto, tudo o que se passou nas últimas três edições da ExpoTrofa, o maior evento que decorre no concelho.

Paredes meias com O Notícias da Trofa, a TrofaTv complementa o lema do periódico – “informação clara, isenta e sem tabus”, obedecendo à lei da convergência dos meios de comunicação imposta pelo mercado.

Hermano Martins, diretor da televisão online, explicou que o projeto da TrofaTv nasceu da “necessidade de agrupar, num só local e de forma direta, os conteúdos multimédia que existiam já no site do jornal”.

“Sempre que íamos fazer reportagem havia tantas imagens que achávamos que seriam importantes mostrar que uma, duas ou três fotografias eram insuficientes para revelar a verdadeira atividade ou o que é que tinha acontecido. Esse problema resolvia-se ou com uma tradicional galeria de fotografias ou então com vídeo. Tínhamos já alguns criados para o jornal e chegamos à conclusão que o melhor seria agrupá-los”, referiu.

Daí nasceu a necessidade de criar com um novo órgão de comunicação que já dispensa apresentações e é muito bem recebido pelo público. Prova disso são “os muitos pedidos para que a TrofaTv esteja presente numa determinada atividade, dando mais prioridade à televisão do que ao jornal”.

As audiências têm crescido de forma gradual e constante e se “nos primeiros vídeos com 20 visualizações já ficávamos satisfeitos”, agora a realidade é bem diferente. Atualmente, cada vídeo publicado na TrofaTv tem uma média de 2000 visionamentos, mas o objetivo é aumentar sempre mais.

Ainda há algum preconceito com televisões regionais

Pelo facto de ser uma televisão regional, transmitida na internet, leva a que grandes entidades e associações desvalorizem a dimensão e o alcance da comunicação da TrofaTv.

“Para muita gente devíamos era estar na televisão por cabo, no entanto, apesar de podermos ter mais pessoas a ver-nos em Portugal, já não teríamos a dimensão mundial que a internet possibilita”, explicou Hermano Martins. É através deste meio que “qualquer pessoa, em qualquer parte do mundo, pode aceder à TrofaTv”.

E por estar sempre com o pensamento no futuro, a equipa da TrofaTv está já a “trabalhar em novas plataformas” que possibilitarão o acesso da televisão através do sistema android utilizado em telemóveis, smartphones, tablets, iPads, entre outros.

“Apesar de ainda ser residual, é um nicho de mercado que está a despontar e é importante acompanharmos este crescimento para podermos crescer também”, explicou Hermano Martins.

{fcomment}