O Trofense vai à Luz com um estatuto de que nenhum clube do campeonato se pode gabar. É a única equipa que nunca perdeu com o Benfica e até conseguiu tirar-lhe a liderança na primeira volta.

Em conferência de imprensa que antecedeu a viagem da comitiva trofense para Lisboa, Tulipa afirmou que os primeiros 30 minutos de jogo “são essenciais” para o resultado final.

“Se não formos penalizados com nenhum golo tenho a convicção que a nossa equipa pode conquistar o objectivo da vitória”, referiu.

tulipaantevisaobenfica

O técnico também não deixou de falar do passado e do que ele pode transformar no futuro do clube. Apesar de acreditar que a vitória sobre as “águias” na primeira volta “pode dar alento” para repetir o feito, o técnico da equipa da Trofa referiu que o Benfica “é forte na dificuldade”.

“É uma equipa que não mexe muito na sua estrutura base e que durante muito tempo tem mantido a sua organização, o que dá efectivamente alguma segurança ao seu treinador”, afirmou.

Questionado sobre se numa casa de apostas apostaria numa vitória do Trofense, o técnico foi peremptório: “eu apostava com certeza”.

Apesar de não saber se o que a equipa fez com o Belenenses basta para vencer o Benfica, Tulipa acredita que “pode ajudar”.

Quanto à manutenção do campeonato, o técnico está convicto de que “duas vitórias” poderão chegar.

E nem os sócios foram esquecidos numa pequena análise à temporada: “andámos no último lugar durante muito tempo, mas os nosso sócios e simpatizantes mostraram sempre disponibilidade para acompanhar a equipa e para acreditar nela e tenho a certeza que muitos trofenses nos vão apoiar amanhã em Lisboa”.

Delfim é a grande novidade na lista de convocados do Trofense, depois de uma longa paragem devido a lesão. O mesmo não se pode dizer de Reguila, Tiago Pinto e Areias, que não recuperaram a tempo. David Caiado também é “carta fora do baralho” para o jogo com o Benfica, devido a uma amigdalite.