quant
Fique ligado

jonati

Edição 444

Projeto “Cuida-te” esclareceu jovens sobre a sexualidade

Publicado

em

Alunos da Escola Básica 2/3 de S. Romão puderam tirar dúvidas sobre a sexualidade, consumos, nutrição e exercício físico, ao longo da manhã do dia 16 de outubro.

“Tens dúvidas? Atreve-te! Entra e fala connosco.” Estava lançado o desafio aos jovens da Escola Básica 2/3 de S. Romão, para entrarem na unidade móvel, estacionada no pátio da escola, e participarem numa sessão de aconselhamento sobre sexualidade, consumos, nutrição e exercício físico.

Esta é uma das cinco medidas do programa “Cuida-te”, que é desenvolvido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. (IPDJ) com “diversas “entidades parceiras”, com o “principal objetivo de trabalhar na área da saúde juvenil e na promoção de estilos de vida saudáveis”. “As unidades móveis, devidamente apetrechadas e com uma equipa técnica especializada na área da saúde juvenil, deslocam-se para realizar o atendimento e aconselhamento aos jovens, bem como realizar ações de sensibilização”, pode ler-se na página do programa.

Ao longo da manhã do dia 16 de outubro, “22 alunos, sinalizados pela escola,” entraram na unidade móvel para conversarem, durante “15 minutos”, com Rita Moreira, psicóloga e colaboradora da Associação para o Planeamento da Família (APF) da delegação norte, sobre a sexualidade. Segundo Rita Moreira, no início das sessões, que “normalmente são divertidas” e decorrem com “algum embaraço”, os jovens “podem se fazer um bocadinho de difíceis” devido ao tema, mas depois “costumam ser de alguma facilidade de comunicação e muitas vezes até surgem algumas questões fundamentais que acho que podem fazer a diferença”, sendo “obrigatório parar para pensar nelas”.

Ana Costa, Ana Ferreira e Ana Monteiro, do curso de Educação e Formação de Jovens (CEF), foram três das alunas que passaram pela unidade móvel e estiveram à conversa com Rita Moreira. Para a primeira, estes projetos são “importantes” por ser uma forma de “as pessoas que têm dúvidas” puderem falar com “a psicóloga”. Também Ana Ferreira achou o projeto “muito interessante”, pois como “normalmente já há jovens com 15 anos que já namoram e devem ter dúvidas”, devem aproveitar este espaço para “esclarece-las, para que tenham relacionamentos seguros e uma saúde boa”. Opinião partilhada por Ana Monteiro, que acrescentou que caso “uma pessoa que namora tenha dificuldades em colocar o preservativo, aqui aprende a pô-lo”.

A presença da unidade móvel na escola de S. Romão é da responsabilidade da delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), que apresentou “candidatura” ao programa “Cuida-te”, que proponha que, durante “quatro dias”, esta passa-se pelas “Escola Secundária da Trofa, EB 2/3 Professor Napoleão Sousa Marques, de S. Romão e de Alvarelhos”, permitindo que fossem “contempladas com estas sessões de esclarecimento”. A candidatura foi “vencedora”, mas “não foi possível por parte do IPDJ cumprir” com o que tinha sido proposto.

Na hora de escolher uma escola para acolher a unidade móvel, a CVP trofense optou pelo Agrupamento de Escolas do Coronado e Covelas. Carla Lima, técnica da instituição, referiu que escolheram este Agrupamento, por ser onde têm “mais intervenção”, com quem já têm “uma ligação de há muito tempo”, “uma maior proximidade” e um “melhor” conhecimento da “realidade”. Quando foi feita a “proposta” à direção do Agrupamento, esta considerou que “deveria de ser na EB 2/3 de S. Romão”.

Publicidade

A ideia de concorrer a este projeto surgiu na “intervenção” que iam tendo “junto das escolas”, onde verificaram que “o tema da sexualidade ainda não estava muito abordado e que faziam faz e continua a fazer falta”, sendo da opinião que “o tempo do programa é muito curto para as necessidades que existem na comunidade educativa”. Na opinião da técnica, o programa “devia de ser repetido” por ser “uma mais-valia que aconteça”, pois, “por muito que os jovens falem com os professores, que existam programas de sexualidade, é sempre diferente falar com alguém de fora, alguém da APF, e é sempre diferente a maneira como as vezes se abordam as questões”.

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 444

Forave distinguiu 52 alunos por mérito escolar

Publicado

em

Por

A Escola Profissional Forave atribuiu diplomas e prémios de mérito e distinção a 52 alunos, que durante o ano letivo 2012/2013 tiveram um bom desempenho escolar.

“É um marco determinante dentro da escola como para os alunos”. Foi desta forma que Carlos Gonçalves, presidente da direção da Forave, se referiu à cerimónia de entrega de diplomas e prémios de mérito e distinção, que se realizou nas instalações da escola profissional ao final da tarde de segunda-feira, 21 de outubro.

De forma a “fomentar uma cultura de elevados padrões, na procura de saber mais para ser e fazer melhor”, a Forave criou, em 2011, o “Programa de Mérito e Distinção” que tem como “principais objetivos reconhecer a qualidade de estudo e de trabalho com reflexo nos resultados escolares, incentivar os alunos no seu desenvolvimento pessoal, académico e profissional, promover a competitividade e o empreendedorismo, motivar os alunos para a carreira, promover a ligação entre os alunos e as empresas, distinguir e premiar a excelência escolar, premiar os alunos que desenvolvam as melhores Provas de Aptidão Profissional (PAP) e os melhores Projetos Técnicos, facilitar o ingresso dos alunos no mercado de trabalho e incentivar o prosseguimento de estudos”.

Para isso desafiou “alguns dos seus parceiros” para se juntarem a este Programa e atribuírem “prémios de excelência aos melhores alunos dos cursos profissionais da escola”. “O êxito desta iniciativa não só permitiu que pelo segundo ano consecutivo tivéssemos alunos motivados para a excelência a quem foram atribuídos os prémios, como também alargou o número de empresas patrocinadoras dos prémios”, contou Manuela Guimarães, direta pedagógica.

Durante a cerimónia decorreu a assinatura de protocolos de “cooperação” entre a Forave e mais três empresas, o que possibilitou criar os prémios “Passaporte Emprego”, “Excelência Tecnológica” e “C-ITA”. O “Prémio Passaporte Emprego”, patrocinado pela empresa Preh Portugal Lda – Componentes Eletrónicos para Automóveis, atribui “um estágio profissional de 12 meses ao melhor aluno do curso de Eletrónica, Automação e Comando e ao melhor aluno do curso de Manutenção Industrial”. Já o “Prémio Excelência Tecnológica,” patrocinado pela empresa Setlevel-Projecto e Implementação de Sistemas de Automação Lda, atribui “um estágio profissional de 12 meses ao aluno que se distinga pelo empenho e excelência técnica na área de eletrónica, automação e comando”, enquanto que o “Prémio C–ITA”, patrocinado pela empresa Continental – Indústria Têxtil do Ave S.A, atribui “um estágio profissional de 12 meses ao melhor aluno do curso Profissional de Gestão”.

De seguida, foram entregues 47 diplomas aos finalistas 2012/2013 do CEF de Apoio Familiar e à Comunidade, Curso Profissional de Gestão e Curso Profissional de Eletrónica, Automação e Comando, e “certificados de mérito” a Mara Catarina Salgado Lopes (CEF de Apoio Familiar e à Comunidade), Cátia Alexandra Oliveira Santos (Curso Profissional de Técnico de Gestão) e José Eduardo da Costa Leite (Curso Profissional de Técnico de Eletrónica, Automação e Comando).

O diplomado Hugo Manuel Araújo Machado recebeu o prémio ContiBest, por ter sido o “melhor aluno 2013 do Curso Profissional de Técnico de Eletrónica, Automação e Comando”, e José Eduardo da Costa Leite, do Curso Profissional de Técnico de Eletrónica, Automação e Comando, recebeu o prémio ProjectYour Future, por ter tido a “Melhor PAP 2013” com o tema de projeto “Controlo de Logística”.

Publicidade

A cerimónia ficou ainda marcada por “um momento musical” dedicado a “todos os alunos da escola” pelos “professores”, por uma palestra onde cinco empresas mostraram a sua perspetiva de “cinco competências para uma carreia de sucesso” e “uma homenagem a Fernando Pinheiro”.

Continuar a ler...

Edição 444

Santiago vai recordar padre Mário Salgueirinho

Publicado

em

Por


 
Subordinado ao tema “Bougadenses Ilustres”, o Agrupamento 447 do Corpo Nacional de Escutas de Santiago de Bougado, com o apoio de Bruno Ferreira, pároco de Santiago de Bougado, e da Junta de Freguesia, vai recordar na próxima quarta-feira, 30 de outubro, o padre Mário Salgueirinho.

A sessão, com início pelas 21 horas no auditório da Junta de Freguesia de Santiago de Bougado, vai ter como orador D. Manuel Martins, que vai “falar do padre Mário Salgueirinho”. Além disso, haverá “uma exposição de vários dos seus livros” e uma palestra com a temática “3 momentos musicais”.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);