quant
Fique ligado

Edição 618

“Procuramos sempre a evolução coletiva e individual”

Publicado

em

A disputar a 2.ª fase do Campeonato Distrital de Sub-14, a equipa B do Clube Desportivo Trofense começa a revelar “consolidação dos processos do jogo”. Quem o diz é Joaquim Silva, treinador, que em entrevista ao NT falou dos desafios que este escalão abraça durante a época.

O Notícias da Trofa (NT): Como está a correr a temporada?
Joaquim Silva: Em crescimento! A equipa precisou de algum tempo para adaptar-se às exigências do campeonato de Sub-14. Naturalmente que com o acumular de jogos e a maturação dos nossos atletas, houve consolidação dos processos do jogo.
Encontramo-nos a disputar a 2.ª Fase do Campeonato dos Sub-14, sempre à procura da evolução coletiva e individual.

NT: Quais os objetivos na competição?
JS: Temos como principal objetivo tornar a equipa mais competitiva, respeitando sempre o modelo de jogo do Departamento de Formação. Também procuramos jogar numa intensidade cada vez maior e naturalmente competimos com a ambição de ganhar todos os jogos.

NT: Quais as principais dificuldades neste escalão/competição?
JS: Havendo dificuldades em todos os escalões, neste em concreto a principal é a maturação dos jogadores nesta faixa etária, convivemos com jovens com grandes diferenças de estaturas, que desequilibram os duelos individuais, na qualidade dos jogadores… é um desafio permanente à nossa capacidade de jogo, pois só desta forma é que conseguimos superar este tipo de dificuldades.

NT: Com que aptidões os atletas se capacitam neste escalão?
JS: Neste projeto de formação, procuramos dotar os atletas de capacidades que lhe permitam ultrapassar o maior número de obstáculos possíveis e criar soluções para ultrapassar os mesmos, ou seja, soluções para superar as dificuldades do jogo. Neste escalão procuramos trabalhar as ideias de jogo que são transversais a todos os escalões, nos treinos e nos jogos, de forma a assimilar e a consolidar. Procuramos também a evolução técnica e tática de cada jogador, de modo a serem mais capazes dia após dia, tornando-os mais competentes.

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 618

Pombo de Team Trofa vence primeira prova de fundo

Publicado

em

Por

Foi em Motilla del Palancar, Espanha, que se realizou a solta para a primeira prova de fundo da temporada deste ano da columbofilia trofense. Os pombos partiram em direção à Trofa a cerca de 600 quilómetros de distância, sendo que o primeiro demorou seis horas, 53 minutos e 17 segundos a chegar ao pombal. Identificado com o número ****337/14, o vencedor pertence à equipa Team Trofa, da Sociedade Columbófila Trofense, tendo voado a uma velocidade média de 86,82 quilómetros por hora (1447 metros por minuto). Além de vencer internamente, o pombo também se destacou a nível concelhio, uma vez que a prova também pontuava para o Campeonato Concelhio.

 

Reportagem para ler na íntegra na edição 618 do jornal O Notícias da Trofa

Continuar a ler...

Edição 618

5 jovens, 2 projetos, 1 missão

Publicado

em

Por

Cinco jovens trofenses preparam-se para uma missão de voluntariado em duas comunidades de Moçambique.

No mês de agosto, cinco jovens trofenses, integrados no voluntariado dos Missionários da Consolata de Águas Santas, vão partir em missão num grupo de 14 elementos da zona norte de Portugal. A missão de Moçambique está repartida em dois projetos: um em Massangulo, zona noroeste, e outro em Nova Mambone, zona sudeste. Apesar de distintas uma da outra, estas duas comunidades, ainda pouco desenvolvidas, vivem com elevadas carências educacionais.

 

Reportagem para ler na íntegra na edição 618 do jornal O Notícias da Trofa

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também