A GNR da Trofa deteve dois homens de 32 e 35 anos, por furto de material em armazém, na localidade de Covelas, no concelho da Trofa.

Segundo comunicado enviado pelo comando territorial do Porto da GNR, “na sequência de uma denúncia de uma central de alarmes, que dava conta da existência de problemas com o sinal de alarme de um armazém, os militares deslocaram-se prontamente ao local, onde constataram que o armazém estava a ser alvo de furto”. “Os suspeitos através de um objeto em ferro, procederam ao arrombamento de um dos portões da empresa, tentando o furto de uma viatura com material no seu interior, avaliado em cerca de 1500 euros”, declarou a Guarda.

Ao aperceberem-se da presença dos militares, os indivíduos colocaram-se em fuga, mas acabaram por ser detidos. Nas sequência das diligências, a GNR apurou que “a viatura em que os suspeitos seguiam, avaliada em cerca de 30 mil euros, tinha sido furtada na localidade de Castro Daire, em setembro de 2018”, acabando por ser apreendida, assim como um aparelho destinado a inibir sinais de alarme.

Os homens, com antecedentes criminais pela prática de crimes de furto, foram presentes ao Tribunal Judicial de Matosinhos, no dia de ontem, para primeiro interrogatório. O indivíduo de 32 anos viu ser-lhe aplicada como medida de coação a prisão preventiva, uma vez que sobre si pendia um mandado de detenção internacional para cumprimento de uma pena de prisão efetiva de 18 meses.

Quanto ao detido de 35 anos, foi-lhe aplicada a medida de coação de apresentações bissemanais no posto policial da sua área de residência.