Select Page

Presidente da comissão faz balanço das festas da Senhora das Dores

Presidente da comissão faz balanço das festas da Senhora das Dores

Jorge Silva sabia, à partida, que tinha aceitado um desafio de grande responsabilidade ao presidir a comissão de festas em honra de Nossa Senhora das Dores. Como “trofense de gema” assumido, quis revolucionar o programa cultural e a disposição da festa, afetada pela mudança dos tempos e da cidade. Após convite endereçado pelo pároco Luciano Lagoa, o empresário aceitou chefiar a comissão de festas, este ano, a cargo da aldeia
da Gandra.
Alterou a disposição da romaria, e uma das novidades foi o regresso dos divertimentos ao Parque Nossa Senhora das Dores, “criou” uma rua exclusiva para a gastronomia e “piscou” o olho às gerações mais novas, com espetáculos musicais ao seu gosto.
Quis também inovar no fogo de artifício, que garantiu ter sido uma das maiores apostas da comissão de festas, mas o enguiço bateu-lhe à porta, com o alerta vermelho devido ao calor extremo, que levou o Governo a proibir os espetáculos pirotécnicos. Tanto o fogo de artifício de sábado à noite, 17 de agosto, como o de domingo, dia 18, foram adiados para a quarta-feira seguinte, numa alteração que provocou, à partida, elevados constrangimentos e quebra de público.
Além disso, ouviram-se algumas críticas negativas à qualidade do espetáculo de fogo de artifício. Jorge Silva explicou ao NT que….

Leia a notícia completa na edição 675 d’O Notícias da Trofa, nas bancas.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização