teresa-fernandes 

A pré – campanha começou e o PSD da Trofa entrou em desespero total, perdendo inclusivé a racionalidade.

Na passada semana o Dr. Bernardino Vasconcelos, presidente da Comissão Política Concelhia do PSD da Trofa e Presidente da Câmara Municipal da Trofa, numa iniciativa organizada pela candidatura de Modesto Torres à Junta de Freguesia de S. Mamede do Coronado, deu uma entrevista ao jornal “O Noticias da Trofa” acusando o Partido Socialista de estar a protagonizar uma “politica de maledicência que roça a malcriadez”.

Ao longo da entrevista, em vez de enaltecer o evento em que participava, optou por falar quase em exclusivo do PS demonstrando estar mais preocupado com a nossa campanha e com os efeitos da mesma do que com a sua.

Acusou o PS de estar a fazer um porta a porta “quase como vendedor ambulante de promessas e coisas inexequíveis”, chegando inclusivé ao cúmulo de afirmar que no porta a porta em São Romão do Coronado o PS andaria a “tentar mobilizar pessoas para fazer cortes de estrada”!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ponderei muito se haveria de responder a tamanha calúnia, proferida pelo Dr. Bernardino Vasconcelos, mas como quem não se sente não e filho de boa gente e como tenho acompanhado toda a campanha, não consegui ficar calada.

As declarações do Dr. Bernardino Vasconcelos em relação ao PS são puras MENTIRAS!

Se considera que a campanha “serve para trocar ideias, para darmos movimentação e alegria, para reforçar a própria democracia”, nós também achamos e por isso é que estamos a trabalhar diariamente, apresentado propostas, ideias, iniciativas, conferências, convívios, mas sobretudo com respeito por todos os trofenses, sem mentiras e sem calúnias.

Se apregoa que quer uma campanha séria, faça-o!

Venha para a rua ouvir os trofenses, as suas queixas, as suas ambições, as suas ideias, não apareça só em festas e almoços.

Tenha a coragem de fazer o porta a porta, com seriedade e VERDADE e deixe-nos trabalhar de uma forma séria como sempre temos feito.

O Partido Socialista anda há várias semanas a percorrer todas as freguesias do concelho, a bater em todas as portas, sem discriminar ninguém (para nós não há trofenses de 1ª e trofenses de 2ª, somos todos iguais), com a humildade de quem quer conhecer toda a gente e de quem se quer dar a conhecer, tal com vendedores ambulantes. (aliás vendedor ambulante é uma profissão tão digna com outra qualquer!)

No porta a porta que realizamos prometemos três coisas: TRABALHO, HONESTIDADE e SABER OUVIR!

Compreendo que o Dr. Bernardino Vasconcelos considere que estes são projectos inexequíveis, aliás todos já percebemos e os Trofenses também!

O PS andará até aos últimos dias, orgulhosamente, num porta a porta construtivo, cansativo, mas gratificante, com a certeza de que nos apresentamos no próximo dia 11 de Outubro como a alternativa para a construção de um futuro próspero para a Trofa e para os Trofenses. Prometemos TRABALHO e HONESTIDADE!

O PSD promete mais do mesmo!

No dia 11 de Outubro o povo soberano decidirá!

Teresa Fernandes