Pneus D. Pedro V promoveu ação de formação sobre pneus para veículos pesados e empilhadores. As novas instalações receberam os clientes, que se mostraram satisfeitos com o trabalho da empresa trofense.

As novas instalações da Pneus D. Pedro V acolhem diariamente dezenas de viaturas de empresas e particulares que encontram na Trofa os pneus adequados às suas necessidades. No entanto, no sábado, 16 de julho, as portas abriram-se aos participantes da ação de formação sobre pneus para veículos pesados e empilhadores.

Domingos Tinoco, gerente da Pneus D. Pedro V, reconheceu que “é hora de apertar o cinto”, mas “a única maneira” de “ajudar os clientes a ganhar mais dinheiro não é vender o mais barato possível”: “Se fizer isso acabo por fechar e as pessoas vão querer arranjar um furo e não vão ter onde o fazer”. “Tenho de manter a minha margem e ajudar os clientes a explorar melhor o produto em si, com os serviços adequados. O meu objetivo é ajudá-los a crescer, porque se eles crescerem eu também cresço”, sustentou.

Esta ação de formação foi realizada em parceria com a marca de pneus Michelin, que promove estas iniciativas junto dos seus clientes que pertencem à rede Via Líder. José Neves, account manager da marca, esteve na Trofa, e explicou que “a ideia deste tipo de ação de formação é transmitir um pouco a noção da poupança e da economia que se pode conseguir com os pneus na mobilidade de pessoas e de bens”. O objetivo passa também por “auxiliar, de uma forma geral, os gerentes destas empresas para estarem mais conscientes de coisas que eles próprios desconhecem, uma vez que não são eles diretamente a lidar com o produto”: “O que se pretende transmitir é um pouco daquilo que o motorista passa dentro do camião”.

“Em concreto queríamos apresentar os novos produtos MultiWay 3D, que efetivamente representam uma inovação tecnológica muito vantajosa para os nossos clientes que têm camiões, onde, mais uma vez, está presente o conceito da preservação do meio ambiente, a economia e a segurança no transporte rodoviário”, acrescentou José Neves.

Domingos Tinoco fez questão de agradecer à Michelin, porque “acreditaram muito” neste empresário trofense.

Para a Michelin, estas ações de formação são proveitosas, sobretudo em empresas como a Pneus D. Pedro V: “O senhor Domingos Tinoco tem uma visão empresarial muito interessante e é muito dinâmico”. “A mudança de instalações para esta magnitude revela o empenho que ele tem em dar um serviço mais consentâneo aos seus clientes, porque o outro ponto de venda já estava muito limitado em termos de espaço e de qualidade de atendimento”, defendeu José Neves depois de fazer uma visita guiada à nova sede da empresa.

A empresa de José Marques está sediada em Valongo, mas foi na Trofa que o empresário encontrou solução para os seus problemas. “Tínhamos muitos furos, todos os dias. Procurámos um pneu mais fiável e viemos ter à Trofa, depois de sondar o mercado”, recordou o responsável, que não hesita em garantir que “os resultados são excelentes”. “Nunca mais tivemos um furo. Temos cerca de dez empilhadores e estamos muito satisfeitos, pois assim poupa-se muito dinheiro e trabalho”, reiterou o responsável da empresa de extração e exportação de ardósia.

Também no concelho de Braga, na empresa de aluguer de equipamentos, máquinas pesadas e camiões de Fernando Dias, os furos são problema do passado depois de, “há cerca de dois anos”, ter conhecido a Pneus D. Pedro V. “O senhor Domingos Tinoco aconselhou-me uns pneus e já equipei várias máquinas, deixando de ter o problema dos furos. No início é sempre mais caro do que outra marca concorrente, mas esta foi uma solução cinco estrelas”, afiançou.

Estes clientes da Pneus D. Pedro V encontraram na Trofa uma empresa de confiança, porque “sabem do que estão a falar e aconselham sempre as melhores soluções”, defende Fernando Dias. Já José Marques destaca que na Pneus D. Pedro V “há mais organização”, com “excelentes instalações”.

O segredo do sucesso passa também pelo “gosto pelo trabalho” e pela vontade de “ajudar os clientes”, confessa Domingos Tinoco. “Adoro trabalhar e agora temos uma grande oportunidade de negócio, porque o mercado está para quem quer trabalhar e quem andou a enganar as pessoas não vai sobreviver. É a hora de realizar os meus sonhos, porque ajudar os clientes também é um sonho meu. A Pneus D. Pedro V é diferente porque vende o que é melhor para os cliente. Eles vão ver que eu estou a ser amigo deles e que vale a pena deslocam-se, porque só vão ter a ganhar com isso”, afirmou.

Esta foi também a oportunidade para os participantes ficarem a conhecer as novas instalações da Pneus D. Pedro V. Situado próximo das antigas, o atual edifício da Pneus D. Pedro V tem cerca de três mil metros quadrados, repartidos por áreas para veículos ligeiros, pesados e agrícolas, armazém, reparação de pneus agrícolas e uma sala destinada à formação de colaboradores e clientes.

{fcomment}