Select Page

PJ detém suspeito de atear fogo num armazém (c/ vídeo)

PJ detém suspeito de atear fogo num armazém (c/ vídeo)

Um indivíduo de 46 anos foi identificado e detido pela Polícia Judiciária (PJ) pela alegada prática de crime de fogo posto num armazém fabril, em Mosteirô, S. Martinho de Bougado, na manhã de quinta-feira.

O suspeito apresentou-se no posto da Guarda Nacional Republicana (GNR) da Trofa, voluntariamente, alegando ter incendiado um anexo de uma casa agrícola, que servia de armazém de uma empresa.

A GNR encaminhou o caso para a PJ, que o deteve. Segundo comunicado enviado à comunicação social, a PJ refere que “o suspeito, alegadamente por razões fúteis e num quadro de alcoolismo, ateou o incêndio, com recurso a fósforos, num armazém onde eram guardados objetos vários, bem como fardos de material derivado de tecidos, altamente inflamáveis, causando, com tal conduta criminosa, elevados prejuízos patrimoniais ao ofendido e só não pôs em risco outros bens de considerável valor dada a pronta intervenção dos bombeiros”.

Os Bombeiros Voluntários da Trofa (BVT) mobilizaram-se para o local com seis viaturas e 14 elementos, que combateram as chamas “de grandes proporções”. Segundo o comandante interino dos BVT, o incêndio dificultou a ação dos soldados da paz pelo “fumo intenso”.

O detido, empregado fabril, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização