Até 9 de novembro vai estar patente na Casa da Cultura a exposição “Pintura Proibida” do autor Vincent Dioh.

Esta é uma exposição com um toque artístico especial. O autor dos quadros patentes na Casa da Cultura começou a pintar com apenas três anos e aos seis fez a sua primeira exposição. Este jovem autista desde cedo começou a “exprimir os seus sentimentos através da pintura”.

Foi a sua mãe, Zélia Rocha, que no sábado, 15 de outubro, dia da inauguração da exposição, começou por explicar ao público presente a “Pintura Proibida” do filho.

“Ecografia do planeta”, “História dos Pontos”, “Floresta proibida”, “Oxóci” (força do bosque), são algumas das obras que pode ver expostas na sala de exposições da Casa da Cultura da Trofa até dia 9 de novembro. 
{fcomment}