Clube Slotcar promoveu 2.ª Conferência sobre Sentido da Vida, na biblioteca da Associação Humanitário dos Bombeiros Voluntários da Trofa, na noite de 11 de novembro.

Foi de boleia de Portugal a Singapura e pedalou de Vale de Cambra à África do Sul. A vida de Pedro Moreira mudou radicalmente quando decidiu questionar o verdadeiro sentido da vida. Deixou a profissão de psicólogo e o quotidiano igual ao de tantas outras pessoas para partir à descoberta do mundo, em aventuras em que poucos se atrevem.
Hoje, os livros que escreve sobre as experiências vividas em dezenas de milhares de quilómetros percorridos servem de inspiração a muitos outros que, como ele, decidiram interrogar-se sobre o sentido da existência. E para projetar este testemunho, o Clube Slotcar decidiu fazer de Pedro Moreira protagonista da segunda edição do Ciclo de Conferências sobre o Sentido da Vida.
“O sentido da vida vai ser diferente para cada um e se houver uma forma de uniformizar esta ideia seria procurar uma maneira de encontrarmos uma certa paz de espírito e um certo nível de alegria e felicidade que nos permita ter aquela vida que queremos ter”, afirmou ao NT e à TrofaTv Pedro Moreira, que acredita que “a cada viagem” feita está “mais perto de descobrir” o próprio sentido da vida.
Pedro Moreira admite que, mesmo não sendo esse o objetivo primordial, os livros que escreveu sobre as viagens que fez podem servir de inspiração para outros. Já sobre as próximas aventuras, o leque de opções é variado: “Namoro a ideia de fazer a Ásia Central, já me disseram que a América Central é fixe quanto mais novos somos e no outro dia comecei a namorar a ideia de ir da Península Arábica ao Senegal”.
Com Pedro Moreira, o Clube Slotcar pretendeu dar ao público um testemunho bem diferente daquele que marcou a primeira conferência, com o Frei Fernando Ventura.
Luís Cardoso, da associação, referiu que “o objetivo das conferências é procurar perceber que existem pessoas diferentes do cidadão comum, que nos fazem pensar sobre a filosofia de vida que temos”. “Quem sabe, pelas suas experiências, não nos descobrirmos um pouco sobre nós mesmos?”, questionou.
O Clube Slotcar da Trofa vai continuar a promover este ciclo de conferências mas ainda não definiu qual será o próximo orador.