Uma pesada derrota por oito bolas contra uma romanense foi o resultado do encontro entre o S.Romão e o Pasteleira. Apesar do resultado pesado, a equipa da casa mostrou garra durante os noventa minutos, mas a falta de equilíbrio na defesa foi fulcral.

A equipa do S.Romão parece estar em maré de azar, com uma séria de jogos frente aos líderes da tabela classificativa. Maia Lidador, Inter Milheirós e hoje Pasteleira foram os “carrascos” da equipa romanense, que sofreu pesadas derrotas.


O encontro com o Pasteleira trazia um certo receio, mas a equipa de José Carvalho entrou em campo com garra e desde cedo tentou criar perigo nas suas investidas. Contudo, o visitante não pensava noutro resultado que não fosse a vitória e assim fez o seu onze subir em direcção à baliza de Carlos, em busca de finalizações bem sucedidas.
O marcador foi inaugurado pelo Pasteleira, aos dez minutos, através dos pés de Sá. Dois minutos depois foi a vez de Serra finalizar com sucesso.
Os golos foram o resultado de falta de comunicação e desequilíbrio na defesa, com atacantes constantemente a aparecerem perto do guardião da casa sem marcação. O “bis” de Sá, aos dezanove minutos foi mais uma dessas falhas defensivas.

Reportagem alargada na próxima edição de “O Notícias da Trofa”, quinta-feira nas bancas.