A Páscoa, dia mais importante do calendário cristão, representa a vida, a Ressurreição de Jesus Cristo e comemora-se nos países católicos. Celebra-se no primeiro domingo depois da lua eclesiástica (lua cheia), após o dia 21 de março.

Em Portugal, além de ser uma celebração sagrada, é um dia dedicado aos padrinhos e afilhados. Tradicionalmente oferece-se pão de trigo, a quantidade varia mediante a idade, outro presente é o “folar”, entre outros bens materiais com que se brindam os afilhados nos dias de hoje.

Os símbolos mais notórios desta quadra são o ovo (o fruto da vida); o coelho simboliza a renovação e a vida nova e os distintivos cristãos, o cordeiro (representa Cristo); a vela (luz) e a cruz que transpõe a morte e a Ressurreição.

Gastronomicamente, o cabrito assado, borrego ou o peru são os pratos típicos. E para sobremesa as amêndoas, chocolates, o folar e outros doces típicos de cada região.

 

V.C.