O concelho de Vila Nova de Famalicão passou a contar com mais um espaço verde e de lazer com a inauguração, nesta quinta-feira, do Parque Natural da Portela. Para além do parque natural, que ocupa uma encosta verde com uma área total de 14.800 metros quadrados, o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Armindo Costa, inaugurou as obras de valorização ambiental da nascente do rio Pelhe.

 "É uma grande obra de valorização ambiental, num terreno que estava abandonado", lembrou o presidente da Câmara Municipal, acrescentando que a reabilitação da nascente do Pelhe, na Portela de Santa Marinha, "uma das freguesias mais pequenas e mais verdes do concelho", era um dos compromissos eleitorais em matéria ambiental. Armindo Costa destacou ainda "a atitude louvável" do anterior executivo camarário, ao ter comprado os terrenos para a criação do Parque Natural agora inaugurado.

De acordo com informações divulgadas por Armindo Costa, "a intervenção, que implicou um investimento municipal de 25.570 euros, criou um novo espaço de lazer junto à nascente do Pelhe", o único rio que nasce no concelho de Vila Nova de Famalicão, que termina como afluente do rio Ave. Lembrando que a nascente do Pelhe "é procurada por muita gente, que ali recolhe água para consumo", Armindo Costa também bebeu água da fonte, confirmando a sua qualidade. De resto, a água da nascente do Pelhe é sujeita a análises periódicas, estando em perfeitas condições para consumo.

Localizado junto à antiga estrada nacional de ligação entre os concelhos de Vila Nova de Famalicão e Braga, por S. Cosme do Vale, Telhado e Portela, o Parque Natural, que tem como uma das atracções principais a nascente do rio Pelhe, é formado por uma flora em que dominam os carvalhos, tendo agora sido equipado com um parque de merendas e convívio, que se estende num total de dez mesas, assim como áreas de circulação pedonal e um parque de estacionamento. Ao mesmo tempo, foi valorizado um reservatório de água, que contribui para embelezar o local.