paradela_spcruz

Esteve a vencer por duas vezes, mas permitiu a reviravolta do adversário e perdeu três pontos importantes para a perseguição aos primeiros classificados. O Paradela perdeu, 2-3, com o Sporting da Cruz, e o treinador João Cruz estava “triste” com a atitude da equipa.

A jogar em casa, o Paradelam assumiu o domínio de jogo e chegou ao golo aos 18 minutos, por intermédio de Ricardinho. O cruzamento foi feito por Vítor, atleta que depois viria a falhar a oportunidade de marcar o segundo golo da equipa, aos 20 minutos.

O Sporting da Cruz criava perigo na sequência de contra-ataques e foi assim que chegou ao tento da igualdade, por intermédio de André Cunha.

Aos 40 minutos, Paulinho teve a oportunidade para colocar o Paradela novamente em vantagem, mas na marcação de uma grande penalidade viu o guardião do Sporting da Cruz dizer “não” ao 2-1.

O Paradela teve que esperar pela etapa complementar para conseguir bater o guarda-redes adversário. Guimarães colocou a formação da Trofa em vantagem, aos 75 minutos, mas cedo a vantagem desapareceu.

André Cunha e Lopes fizeram os dois golos que deram o triunfo do Sporting da Cruz, uma equipa que apesar de estar em desvantagem por duas vezes, nunca desistiu e mostrou uma grande atitude, merecendo levar para casa os três pontos.

Reportagem alargada, na próxima edição do O Noticias da Trofa, quinta-feira nas bancas.