quant
Fique ligado

Ano 2012

Para onde levam o nosso dinheiro?

Publicado

em

Há pouco mais de um ano que o país está submetido ao pacto de agressão que o PS, PSD e CDS assinaram com a troika estrangeira, com o apoio do Presidente da República.

Impuseram-nos um conjunto de medidas de austeridade argumentando que não havia alternativas, que o país não tinha dinheiro e, por isso, teríamos que empobrecer ainda mais. Disseram-nos ainda que os sacrifícios seriam para todos e então começaram a determinar o roubo de salários, o aumento de impostos, o encerramento de serviços públicos, a destruição de postos de trabalho e, mais recentemente, alterações à legislação laboral para facilitar os despedimentos e impor o trabalho forçado sem remuneração.

Mas ao contrário do que eles dizem, os sacrifícios não são para todos. Enquanto nós pagamos a luz cada vez mais cara, a EDP, só no primeiro semestre deste ano, teve lucros de 582 milhões de euros. Enquanto os combustíveis aumentam diariamente, os lucros da GALP cresceram mais de 50%. Os sacrifícios são para os trabalhadores, para a juventude, para os reformados, para os pequenos comerciantes e industriais.

Para os poderosos, o governo continua a dar benesses. Para os bancos, para os grandes grupos económicos a torneira dos euros está sempre aberta. São eles que levam o nosso dinheiro. Vejam-se alguns exemplos:

 

  • Os 8 mil milhões de euros públicos gastos pelo Estado para tapar o buraco do BPN chegariam para pagar durante 4 anos a totalidade dos medicamentos receitados nos hospitais e nos centros de saúde do nosso país.

  • Os 450 milhões de euros já enterrados pelo Estado no BPP dariam para repor o abono de família às centenas de milhares de famílias que ficaram sem este apoio social.

  • Os 12 mil milhões de euros disponibilizados à banca pelo empréstimo da troika são mais do que todas as pensões pagas pela segurança social aos reformados portugueses.

  • O que vamos pagar de juros do empréstimo da troika daria para pagar todos os salários de trabalhadores da administração pública durante 4 anos.

 

Este é um governo com uma clara política de classe, ao serviço dos poderosos, que está a conduzir o país para o abismo. É cada vez mais claro que o pacto de agressão das troikas não resolve nenhum dos problemas do país, agrava-os a todos!

Por isso, urge recusar este caminho de desastre que inferniza a vida ao povo. Urge reclamar outra política, que assegure a distribuição da riqueza, a valorização dos salários e pensões e a justiça social. Urge pôr o país a produzir, aproveitando todas as suas potencialidades e reduzir o défice da balança comercial substituindo exportações por produção nacional. Urge renegociar a dívida. Urge recuperar as parcelas de soberania roubadas e assegurar uma política de desenvolvimento económico do país.

Publicidade

Há alternativas, desde que se afrontem os interesses instalados, desde que não sejam sempre os mesmos a pagar.

Jaime Toga

{fcomment}

Continuar a ler...
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Ano 2012

Verbas da Câmara para as obras da Junta tema da Assembleia

Publicado

em

Por

Na sessão ordinária de dezembro da Assembleia de Freguesia de S. Romão foram aprovados o Plano de Atividades e Orçamento para 2013.
Informação sobre a reunião do executivo e membros da Assembleia de Freguesia com Joana Lima sobre as “transferências deliberadas em maio de 2009 e destinadas à remodelação da Casa Quinta de S. Romão” provocou divergências.

(mais…)

Continuar a ler...

Ano 2012

Assembleia de S. Mamede – Documentos previsionais aprovados com abstenção do PSD

Publicado

em

Por

Na sessão ordinária da Assembleia de Freguesia de S. Mamede do Coronado foram aprovadas, com a abstenção do PSD, as propostas para o Plano de Atividades, PPI, Orçamento e Mapa de Pessoal para 2013.

O Plano de Atividades, o Plano Plurianual de Investimentos (PPI), Orçamento e Mapa de Pessoal para 2013 estiveram em discussão na última Assembleia de Freguesia de S. Mamede do Coronado, que decorreu na quinta-feira, dia 20 de dezembro.

(mais…)

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);