quant
Fique ligado

Edição 776

Paços do Concelho inaugurados este sábado

Grande parte da envolvente está em terra, mas o edifício da Câmara Municipal da Trofa estará pronto para ser inaugurado a 5 de novembro.

Publicado

em

Grande parte da envolvente está em terra, mas o edifício da Câmara Municipal da Trofa estará pronto para ser inaugurado a 5 de novembro.
Neste dia, o concelho da Trofa deixa de ser o último do país sem paços do concelho e a cerimónia está a ser preparada com pompa e circunstância, desde logo, porque contará com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, e da presidente da Associação de Nacional de Municípios, Luísa Salgueiro e o líder do PSD Luís Montenegro.
A sessão solene começa pelas 10h00 e a festa prolonga-se por todo o dia, com visitas guiadas ao edifício, abertas a toda a população e com um concerto da fadista Mariza, no Parque Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro, às 18h30.
“Num investimento superior a dez milhões de euros e quase três anos depois do início da obra, os paços do concelho, situados junto ao Parque Nossa Senhora das Dores, irão concentrar, num único local, serviços que se encontravam distribuídos por 17 diferentes espaços. Este novo espaço permitirá uma maior comodidade a todos aqueles que necessitam de resolver assuntos camarários e permitirá ao município uma poupança anual em rendas de cerca de 300 mil euros”, assinalou a autarquia em comunicado.
Construído no local onde antes funcionava a fábrica Rações Trofense, o novo edifício, que aproveitou parte da antiga unidade industrial, “será autossustentável do ponto de vista energético e de consumo de água”.
Para Sérgio Humberto, presidente da Câmara Municipal da Trofa, “é um orgulho poder concretizar este sonho” de “todos os trofenses, que nunca deixaram de acreditar”. “É um orgulho poder deixar uma obra que honra todos aqueles que se deslocaram a Lisboa no dia 19 de novembro de 1998 e que, acredito, marca e marcará diferentes gerações”, referiu. Também no domingo, 6 de novembro, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, será possível fazer uma visita aos paços do concelho.

Conheça o alinhamento da inauguração:
10 h – Recepção dos convidados
11 h – Hastear das bandeiras
11h10m – Hino da Trofa, pelos Meninos Cantores do Município da Trofa
11h20m – Intervenção da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa
11h40m – Projeção “ A casa de Todos – Memória, história e futuro”
11h45m – Intervenção do Presidente da Câmara Municipal da Trofa, Sérgio Humberto
12h05m – Meninos Cantores do Município da Trofa
12h15m – Intervenção do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa
12h35m – Descerramento da placa de inauguração
12h40m – Benção do edifício pelo Bispo do Porto, D. Manuel Linda
12h50m – Visita aos Paços do Concelho
14h30m – 18h30m – Visita guiada ao edifício, aberta a toda a população
18h30m – Concerto com a Fadista Mariza (entrada livre)

Continuar a ler...

Edição 776

Memórias e Histórias da Trofa: Festividade do Sagrado Coração de Jesus em Guidões

Publicado

em

Por

Nas próximas semanas, será inaugurada a Capela de Santa Barbará em Guidões, que representa um marco importante não só para a recuperação do seu património, mas também da sua identidade.
Uma capela ainda demolida no século XIX deixaria saudades na comunidade guidoense, sendo contudo apenas mais um dos elementos da sua religiosidade. Aconteceu numa fase da história em que os elementos da população eram extremamente devotos e claramente que a Igreja e a sua comunidade tinham um papel mais intenso na vida das comunidades.
A cultura popular/religiosa de Guidões é conhecida sobretudo pelas festividades em Honra de S. João, que conseguem fazer com que um elevado número de fiéis se desloquem a esta “pequena” freguesia para acompanharem as tradições religiosas como também profanas.
Mas, no final do século XIX, concretamente em 1896, eram anunciadas, em finais de julho, as festas em honra do Sagrado Coração de Jesus, sendo uma festividade com cunho claramente religioso se atendermos que as várias coberturas noticiosas colocam especial enfoque no programa religioso, enaltecendo e destacando a presença de vários confessores no dia anterior ao domingo festeiro.
As celebrações religiosas iriam ter especial importância, porque seria cantada “missa nova” que simboliza a ordenação de um novo sacerdote, um marco importante para a comunidade que tinha um filho da terra a adotar o caminho do sacerdócio, uma opção bastante respeitável.
O orador do sermão seria o padre de Cavalões, do vizinho concelho de Famalicão, que tinha uma presença habitual nas festividades da região, cumprindo com mestria as suas funções, o que fazia com que se destacasse entre os seus pares.
Os eventos pagãos eram desconhecidos, poderiam não ter um grande impacto logo não teriam grande destaque na imprensa, havendo referências apenas para a missa e também para a procissão que se ia realizar no final da eucaristia.
Um marco da história de Guidões, uma das tradições do futuro concelho da Trofa que o tempo fez questão de apagar, ou desvanecer nas brumas do tempo, que normalmente é o inimigo da história e da memória de um povo.

josepedroreis88@gmail.com

Continuar a ler...

Edição 776

José Alberto Reis, Rebeca e Nel Monteiro na festa de S. Romão

S. Romão do Coronado vai estar em festa em honra do padroeiro.

Publicado

em

Por

S. Romão do Coronado vai estar em festa em honra do padroeiro. A romaria por S. Romão acontece de 18 a 20 de novembro e música não vai faltar, com José Alberto Reis, Rebeca e Nel Monteiro como cabeças de cartaz.
Na primeira noite, dia 18, o palco será de Marcus Lima e José Alberto Reis, com início dos espetáculos musicais marcado para as 21h30. A acompanhar, a comissão de festas vai oferecer ao público castanhas e vinho.
A manhã de 19 de novembro começa com o som estridente dos bombos de Santa Maria de Gémeos, grupo de Guimarães, que vão percorrer as ruas de S. Romão para anunciar a festa. À noite, a música será rainha com Rebeca e a Banda Festival, em palco até à sessão de fogo de artifício.
No domingo, dia 20, a Fanfarra de Vilar de Andorinho dá entrada no Largo do Seixinho, onde terminará a procissão, que parte às 15h00 da Igreja Paroquial. No final, será feita uma bênção dos capacetes, na Rua do Município.
O resto da tarde contará com espetáculos musicais de Nel Monteiro e Lean Cruz.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);