Pacheco Pereira

 

 

 

 

O historiador, professor universitário e comentador político José Pacheco Pereira é o próximo convidado daciclo “Um Livro, Um Filme”, no próximo dia 26 de Janeiro, pelas 21h30, promovido pelo Centro de Estudos Camilianos, estrutura cultural tutelada pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, que integra a Casa-Museu de Camilo Castelo Branco, localizada em Seide S. Miguel.

A escolha de Pacheco Pereira incidiu sobre o filme “Perigo Iminente” ("Blade Runner") de Ridley Scott, uma película baseada no romance “Do Androids Dream of Electric Sheep?”, de Philip Dick. Nesta obra de ficção científica, o autor apresenta-nos um mundo num futuro pós-apocalíptico onde grande parte da vida animal do planeta Terra se encontra extinta e onde os avanços tecnológicos permitem a substituição dessas “presenças” por alteridades mecânicas, robots. No filme o protagonista é Harrison Ford, no papel de Deckard, um detective da polícia de Los Angeles. No final da projecção do filme, Pacheco Pereira irá falar um pouco das razões que o levaram a escolher este filme e este livro.

Pacheco Pereira nasceu no Porto a 6 de Janeiro de 1949. Licenciou-se em Filosofia, em 1978, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Tem ainda o Curso Complementar de Ciências Pedagógicas. Participou activamente, desde muito novo, em movimentos políticos de oposição ao anterior regime (nomeadamente o PCP-ML, de inspiração maoísta, de cuja secção Norte foi fundador). Com João Carlos Espada e Manuel Villaverde Cabral, fundou o Clube de Esquerda Liberal.

Foi deputado à Assembleia da República pelo PSD durante três legislaturas, tendo sido líder parlamentar. Foi membro da Delegação da Assembleia da República à Assembleia da NATO e Presidente do Subcomité da Europa de Leste e da ex-URSS da Comissão Política da Assembleia do Atlântico Norte. Foi também Vice-Presidente do Instituto Luso-Árabe de Cooperação e Vice-Presidente do Parlamento Europeu entre 1999 e 2004.

É colaborador regular da imprensa escrita (actualmente é cronista do jornal "Público" e da revista "Sábado") e é comentador político de televisão, em programas na SIC Notícias ("Quadratura do Círculo") e na SIC. É docente no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE). Foi condecorado com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, em 10 de Junho de 2005, pelo então Presidente da República Jorge Sampaio. É autor dos blogues Abrupto e Estudos sobre o Comunismo.

"Um Livro, Um Filme" é uma iniciativa que decorre sempre na última sexta-feira de cada mês, contando com a presença de uma personalidade da cultura portuguesa para escolher e comentar um filme, preferencialmente adaptado de uma obra literária, e que se revista para ela de um carácter muito especial.