Select Page

OS PAÇOS DO CONCELHO

Onde?

Já escrevi sobre este tema que considero dos mais importantes no nosso concelho.

Penso que, muito provavelmente, voltarei ao mesmo e que mais pessoas poderão fazê-lo, dada a sua importância.

afonso_paixo_fo_1.jpgHá algum tempo que pararam os rumores de que os Paços do Concelho iriam para ser construídos no local onde se situam as antigas instalações da antiga Feruni. Passou a falar-se no local onde está instalada uma fábrica de produtos alimentares, em Mosteirô, nos limites com o Castêlo.

Esses rumores de instalação dos Paços do Concelho em plena zona industrial acalmaram e passou a admitir-se que a Câmara iria ter em conta a memória e a História da Trofa e construir os Paços do Concelho, ou definir a sua localização, no centro da cidade.

Não é verdade que a Trofa sempre teve um centro, social, económico, histórico mesmo, que nunca se confundiu, nem pode confundir-se, com centro geométrico?

A Trofa nunca teve um problema de centralização: tem, sim, um problema de fluidez de trânsito, que só se resolverá com a construção das variantes às antigas estradas nacionais (14 e 104) e que hoje são ruas municipais. Não havendo centralização, como não havia, também não faz sentido falar-se em descentralização, discurso falacioso que permite opções urbanísticas erradas e que não beneficiam a generalidade dos trofenses.

O centro da cidade impôs-se naturalmente ao longo dos anos e não è saudável, do ponto de vista do salutar bairrismo (dispenso o bairrismo bacoco), colocar em causa o desenvolvimento e crescimento que foi feito pelos nossos pioneiros (apesar de nos servimos do seu nome quando nos convém, para justificarmos as nossas posições ou para defendermos os nossos objectivos).

Não podemos esquecer o papel decisivo da freguesia mais populosa e mais importante, sob diversos aspectos, que não todos, obviamente. Foi nesta freguesia, recordemos, que nasceu o movimento para a criação do concelho, tal como, no passado, nasceram outros movimentos importantes a vários níveis.

Não devemos esquecer-nos destes dados sociais e históricos. Não nos é benéfico passar uma esponja sobre o nosso passado, recente e remoto.

Vem isto a propósito de boatos mais recentes, ainda em surdina, de que os Paços do Concelho irão localizar-se nos terrenos da antiga Feruni. Estes boatos são alimentados, em parte, pela obra que está a executar-se em terreno contíguo à antiga serração da Capela, um dos locais preferidos por muitas pessoas para a localização da Domus Municipalis.

A outra hipótese, preferida por inúmeras pessoas, a actual estação, continua sem qualquer construção que inviabilizem essa futura solução.

Esperemos que a Câmara Municipal pondere todos estes factores e não introduza mais um elemento de clivagem na sociedade trofense.

Não deve procurar pseudo descentralizações onde nunca houve centralização. Não deve procurar novas centralidades onde nunca houve qualquer centralidade.

As novas centralidades procuram-se nas crises de crescimento, para alargar os centros urbanos ou para aliviar saturações. Ora, reconheçamos, não estamos perante qualquer destes problemas.

Se temos um problema de trânsito, é esse problema que devemos atacar e para o qual todos sabemos qual é a solução.

No seu próprio interesse, a Câmara Municipal deve proceder urgentemente à escolha do local onde se situarão os Paços do Concelho evitando, deste modo especulações das quais ninguém sai beneficiado, a começar pela própria Câmara Municipal.

Como disse no início, é provável que volta a este tema.

Afonso Paixão

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização