operacao-ano-novo 

Ao contrário do que acontece a nível nacional, na Trofa a operação de Ano Novo da GNR não registou mortes na estrada. Dos quatro acidentes ocorridos, houve apenas um ferido ligeiro. Foram ainda instaurados 10 autos de contra ordenação, o mesmo número do que na operação de Natal. A GNR da Trofa deteve ainda um indivíduo por não possuir habilitação legal para conduzir.

Esta operação teve início às 0 horas do dia 30 de Dezembro e terminou este domingo.”Sensibilizar os condutores para um comportamento mais sensato” era o objectivo da guarda nesta época festiva, mas os números desta operação comparativamente aos da que ocorreu em 2008/2009 aumentaram.

No total foram 1259 acidentes, em que se registaram oito mortes nos distritos de Aveiro, Braga, Castelo Branco, Évora, Lisboa, Porto, Setúbal e Viseu.

A grande maioria dos acidentes, que causaram um maior número de feridos graves, foram provocados pelas condições atmosféricas, que levaram ao aumento dos despistes.

Esta operação contou com 1200 patrulhas dispersas pelas estradas portuguesas e um total de 2600 militares.