Câmara Municipal da Trofa vai levar a cabo “obras de reajustamento das estruturas existentes” no Centro de Recolha Oficial da Trofa – Canil/Gatil. Apesar de “muitos animais” serem abandonados, o número de adopções aumentou em 2010.

As obras de requalificação do canil municipal da Trofa devem começar entre o final do mês de Janeiro e o início de Fevereiro. A garantia foi dada pelo vereador Assis Serra Neves, numa entrevista onde explicou a necessidade desta empreitada.

“Somos obrigados a licenciar este espaço” pela Direcção Geral de Veterinária, adiantou. Por isso, o executivo elaborou um novo regulamento “que foi aprovado em reunião de Câmara e posteriormente submetido e aprovado por unanimidade em Assembleia Municipal” e agora o espaço  é designado por Centro de Recolha Oficial da Trofa – Canil/Gatil.

Também fruto deste licenciamento será demolido o gatil, construído recentemente por um grupo de alunos da EB 2/3 Professor Napoleão Sousa Marques, e também um espaço que teria sido criado anteriormente para albergar mais cães. “Não tem condições nenhumas, isto foi criado para conseguir ter mais animais e não estava licenciado, portanto é para destruir completamente. A parte do gatil também é para destruir, porque não tem condições nenhumas e não está legalizado, foi construído recentemente com muito boa vontade, mas tem de ser destruído”, explicou o autarca.

As “obras de reajustamento das estruturas existentes” vão contemplar uma enfermaria, um espaço de quarentena para os cães que chegam ao canil, um gatil e um espaço aberto com ligação às jaulas, para que os cães possam correr ao ar livre.

Esta infra-estrutura “fundamental” vem proporcionar “melhores condições aos animais e disponibilizar um conjunto de serviços de apoio à comunidade”: “Acções de sensibilização com vista ao desincentivo do abandono dos animais de companhia, serviço de recolha e captura de animais, serviço de adopção, identificação electrónica (microchip), campanhas de vacinação e apoio técnico à occisão”, enumerou o responsável.

 

2010 foi um ano de “muitas adopções”

É “com pena” que Assis Serra Neves vê que o número de animais abandonados no concelho é elevado. No entanto nem tudo são más notícias e o vereador apresentou o número de adopções ao longo do ano de 2010. “Foram recepcionados 445 cães e desses 389 foram adoptados por munícipes e recolhidos 86 gatos e só temos dois”, adiantou.

“Neste momento existem dois gatos e 48 cães” ainda para adoptar. “Este é um resultado muito positivo e reconhecemos que não era possível se não tivéssemos a Associação Um Animal Um Amigo (AUAUA) a colaborar connosco”, salvaguardou.

Foram devolvidos 46 cães com microchip aos proprietários, dez foram abatidos devido às suas condições de saúde e foram ainda recolhidos na via pública em cadáver 107 cães e 54 gatos.

Por considerar o trabalho da AUAUA importante, Assis Serra Neves alerta para a próxima campanha de adopção nos dias 5 e 6 de Fevereiro: “Já aceitámos esta proposta e a associação vai fazer aqui no canil/gatil a próxima campanha de adopção”.

O Centro de Recolha Oficial da Trofa – Canil/Gatil da Trofa é da responsabilidade da Câmara Municipal, que lá faz as obras, a manutenção, patrocina todos os medicamentos e alimentação e a mão-de-obra para o tratamento dos animais e limpeza do espaço.