A Noivíssima marcou presença no Famalicão Noivos, que decorreu nos dias 18 e 19 de outubro, onde apresentou a coleção de 2015.

Aproveitando a presença no Famalicão Noivos, a Noivíssima desvendou um bocadinho daquilo que será a coleção de noivas para o ano de 2015. Os vestidos de princesa voltam a ser tendência e, juntamente com o falso cai cai, atraiam muitas noivas.
A coleção de 2015 já está disponível na loja Noivíssima, situada na Rua Conde S. Bento, no centro da cidade da Trofa, onde as noivas têm à sua disposição marcas conceituadas, como La Sposa, White One, Benjamin Roberts, Isonoivas, Blue, Aire, Modfrance, Miss Kelly, Tommy, Fara Sposa, Kelly Star, Maggie Sottero, Eddy K., Atelier Diagonal, Morilee e Cuore Bianco. Além dos vestidos de noiva, a Noivíssima também dispõe de coleção de noivo e de cerimónia. O noivo tem à disposição fatos das marcas Lucciano Rivieri, Torre, Giovani Valdi, Staccato, Do Rego & Novoa e Enzo Romano. Da coleção de cerimónia destaque para as marcas Aire, Modfrance, Isonoivas, Nite Chic, Destino, Carmen Cara, Renata Arce, Sofie Martin, À Noiva, Bambola, Jade Couture e Mia Porpora.

Ana Ferreira, da Noivíssima, contou que os “vestidos princesa” e “muito delicados” voltam a ser tendência, com “ muito tule e volume”, mas contrariamente ao tão procurado estilo cai cai, esta coleção para 2015 é mais dedicada “ao chamado falso cai cai com transparências”. Apesar de esta ser a tendência para o próximo ano, Ana Ferreira afirmou que a Noivíssima tem “todo o género de vestidos” para agradar à “noiva mais clássica” ou à que “gosta de um vestido de sereia”.
Na busca pelo vestido perfeito, Ana Ferreira aconselha a noiva a “respeitar a sua personalidade e o seu gosto próprio”, assim como a “experimentar vários estilos para ver o que melhor se adequa ao seu corpo, porque muitas vezes aquilo que se idealiza pode não ser o que mais favorece”.
Já quanto à participação no Famalicão Noivos, explicou que “é sempre bom” darem-se a conhecer “perto da porta, porque não são só as pessoas de longe que devem ver os desfiles e os modelos” que têm para apresentar. Ana Ferreira mencionou que “as pessoas estão a gostar dos artigos e a aderir” e que “as noivas procuram sempre vestidos bonitos sem serem muito caros”.