Avançou como independente e continuou a merecer a confiança da maioria da população que foi às urnas, no domingo. Carlos Martins, que avançou para as eleições no movimento Independentes Pelo Muro, venceu com 51,55 por cento dos votos, enquanto António Correia, da coligação PSD/CDS-PP obteve 40,13 por cento.

Este resultado era o esperado por Carlos Martins que, ao NT, afirmou que “a vitória não é só da equipa, mas do povo do Muro”.

Leia a reportagem completa na edição do jornal O Notícias da Trofa, disponível num quiosque perto de si ou por PDF.