Adelino Maia, o candidato de última hora da coligação Unidos Pela Trofa – depois de o Tribunal Constitucional ter impedido a recandidatura de Joaquim Oliveira – venceu a União de Freguesias de Alvarelhos e Guidões com 44,8 por cento dos votos, enquanto Vítor Rocha, do PS, ficou atrás com 40,78 por cento.

Ao NT, o vencedor, que envergava uma t-shirt onde se lia “Lino Maia, o presidente do povo”, sentia-se “muito satisfeito”, sublinhando que o triunfo pertence “a Alvarelhos e a Guidões”.

Leia a reportagem completa na edição do jornal O Notícias da Trofa, disponível num quiosque perto de si ou por PDF.