As Mulheres Socialistas da Trofa reforçaram a sua posição nos órgãos distritais do partido.

Inicialmente, a 11 de setembro, Cristina Maria Oliveira tomou posse na Comissão Política da Estrutura Federativa das Mulheres Socialistas do Porto, agora liderada por Patrícia Faro, que substituiu a trofense Teresa Fernandes, que também foi eleita, assim como a coordenadora da Estrutura Concelhia das Mulheres Socialistas da Trofa, Ângela Moreira.

Já no dia 12 de setembro, no 19.º Congresso Federativo do Partido Socialista, realizado em Matosinhos, foram eleitas para a Comissão Política Distrital, liderada por Manuel Pizarro, as trofenses Idalina Rosário Carvalho, Cristina Maria Oliveira e Teresa Fernandes, esta eleita pela lista de José Manuel Ribeiro.

Por inerência, estão também eleitas Ângela Moreira e a deputada Joana Lima.

Para a líder da Estrutura Concelhia das Mulheres Socialistas, a representação trofense nestes órgãos “honram” o concelho e os “valores socialistas da pluralidade e da coesão”. “Este é um sinal claro do dinamismo desta Estrutura Concelhia e da vontade das Mulheres Socialistas Trofenses participarem ativamente na vida política, com dinamismo e sentido de responsabilidade, demonstrando as suas competências e capacidades”, referiu.

Concluído o Congresso Distrital, inicia-se agora um processo de consolidação de candidaturas autárquicas, no qual as Mulheres Socialistas da Trofa pretendem ter “um papel importante, dinamizador e potenciador de grandes vitórias”.