Depois de uma “colaboração desenvolvida com a Junta de Freguesia do Coronado”, o departamento das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos da Trofa (MS-ID Trofa) decidiu alargar a sua ação solidária em tempos de pandemia e entregou 300 máscaras de utilização comunitária à delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa.

Os equipamentos, “confecionados pelas MS-ID Trofa”, são a resposta do departamento às necessidades identificadas na sequência “dos telefonemas semanais aos seniores” da freguesia do Coronado. “Dessa auscultação, verificámos a necessidade de terem acesso a máscaras por serem um grupo de risco. Registamos com agrado a distribuição massiva de máscaras efetuada por parte da Junta de Freguesia do Coronado, deixando assim os seniores providos de máscaras de uso social. Assim, e tendo em conta que as máscaras já estavam a ser por nós confecionadas, foi necessário pensar noutro fim para as mesmas. Por isso, as MS-ID da Trofa entraram em contacto com a Cruz Vermelha – Delegação da Trofa”, explicou fonte do departamento.

A escolha da Cruz Vermelha explica-se pelo facto de esta ter registado “um aumento de 50 por cento” das solicitações “ao Programa Operacional Alimentar Pessoas Mais Carenciadas (POAPMC), passando a apoiar 337 agregados”.