Select Page

Mulher morreu à espera do INEM

Mulher morreu à espera do INEM

Uma mulher de 86 anos morreu, esta quarta-feira, na Estrada Nacional 14, junto às bombas de gasolina da BP, enquanto esperava por assistência da viatura do INEM, depois de ter sentido uma indisposição.

Segundo uma amiga da família da vítima, residente no lugar de Mendões, freguesia de S. Mamede do Coronado, que a conduziu até à Trofa, junto ao hipermercado Modelo, esperou "pela ambulância do 112 cerca de 30 minutos. inem.jpgQuando vimos que a vitima começou a ter dificuldades a respirar decidimos conduzi-la até ao hospital e no caminho encontramos a ambulância". O alerta da família foi dado via 112 (INEM) que activou a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) e terá alegadamente activado a ambulância 112, instalada no quartel dos Bombeiros Voluntários da Trofa.

A testemunha afirmou ainda que a vítima morreu no carro e mostrou-se bastante indignada com a demora da ambulância que, inexplicavelmente "demorou muito tempo a chegar junto da vitima".

A viatura do INEM, oriunda do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, demorou "cerca de 25 minutos a chegar à Trofa", segundo informação prestada ao NT pela Médica do INEM, e quando chegou o local já a vitima estava a ser assistida no interior da viatura dos Bombeiros Voluntários da Trofa. A equipa do INEM já nada pode fazer para salvar Maria Gomes da Cruz, de 86 anos de idade, limitando-se a confirmar o óbito. O corpo foi conduzido ao Gabinete Médico-legal de Guimarães, onde vai ser autopsiado.

AGNR da Trofa esteve no local e registou a ocorrência.

 

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização