Uma mulher foi assaltada, em pleno dia, em Alvarelhos, quando se deslocava a pé para a paragem de autocarro. Dois indivíduos agrediram-na e roubaram-lhe a bolsa com documentos, dinheiro e telemóvel e ainda um fio de ouro. 

Tudo indicava que a manhã de quarta feira ia ser calma na Rua do Loteamento, na freguesia de Alvarelhos. No entanto, os gritos de uma mulher, cerca das 8.30 horas, alertaram as pessoas que vivem na zona que, ao espreitar para a rua, viram uma vizinha deitada no chão a sangrar. A mulher, de 71 anos, tinha sido assaltada quando se deslocava a pé para a paragem do autocarro com intuito de ir até uma dependência bancária.

De acordo com relatos dos vizinhos que a socorreram, um carro Toyota Corolla, de cor verde, seguia na mesma direção da mulher, mas uns metros à frente fez inversão de marcha até parar junto a ela. Do carro saíram dois indivíduos, entre os 20 e os 30 anos, com capuchos na cabeça que a abordaram com violência, agredindo-a e roubando-lhe a bolsa, onde tinha todos os documentos do banco, os cartões de multibanco, dinheiro e o telemóvel. Quando já voltavam para a viatura onde outro indivíduo os esperava ao volante, um dos larápios voltou para trás para roubar um fio de ouro que a mulher tinha ao pescoço e fugiu, não sem antes lhe desferir um soco. 

Os vizinhos, alertados pelos gritos depararam-se com a mulher no chão a sangrar, mas a viatura já não se encontrava no local. A senhora foi assistida pelos Bombeiros Voluntários da Trofa e apresentava um pequeno hematoma na face e uma hemorragia no lábio. Por precaução, por ter a tensão arterial elevada e ser hipertensa, foi transportada à unidade de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave para ser examinada.

Segundo relatos dos vizinhos, é a primeira vez que acontece algo do género naquela rua. A GNR tomou conta da ocorrência e está a investigar.

{fcomment}