Foram 3 os camionistas que esta noite, cerca das 5h30m foram apedrejados no concelho da Trofa.

Dois dos camiões de transporte de mercadorias foram apedrejados próximo do cruzamento da Carriça, na freguesia do Muro, quando circulavam na EN 14 em no sentido Trofa-Porto.

Pela mesma hora uma outra viatura foi apedrejada na EN 104 na cidade da Trofa, quando seguia no sentido Trofa-Santo Tirso.

Apesar dos danos nas viaturas, quebra de para-brisas, os motoristas dos pesados de mercadorias não sofrerem ferimentos.

Os camiões tinham saído minutos antes do entreposto LIDL em Ribeirão, Vila Nova de Famalicão e transportavam bens para reabastecer os supermercados do grupo.

Desde 12 de agosto que está em vigor uma greve anunciada pelo Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias e à porta do entreposto da marca alemã está, desde as primeiras horas de segunda feira, um piquete de greve.

GNR está em permanência no local

Segundo fonte do Comando Territorial de Braga da GNR, desde esse dia nas imediações do entreposto, em Ribeirão, “estão em permanência 2 patrulhas da GNR de Vila Nova de Famalicão, com o objetivo de garantir a segurança aos trabalhadores que optarem por não aderir à greve e salvaguardarem desacatos”.

Fonte da GNR adiantou ao Jornal do Ave que existem suspeitas de que o apedrejamento das viaturas possa estar ligado ao facto de os motoristas não terem aderido à greve. Há também registos de apedrejamentos na zona da Maia na noite de segunda para terça feira.