quant
Fique ligado

Trofa

Mau tempo causou estragos no Parque das Azenhas(C/Video)

Publicado

em

Devido às chuvas, o nível da água do Rio Ave subiu, galgando as margens e inundando tudo à sua volta. O percurso do Parque das Azenhas ficou completamente inundado e, devido à força das águas, destruiu algumas zonas. O estaleiro da obra do Parque das Azenhas não escapou à fúria das águas, com as máquinas, camiões e contentores a ficarem dentro de água.

De acordo com o relato feito à agência Lusa pelo responsável da Polícia Municipal (PM) da Trofa, Vítor Pinto, a subida do caudal do Rio Ave causou “grandes estragos” no concelho, desde estradas fechadas à circulação a zonas submersas e intransitáveis, tendo sido de “maior preocupação” a situação da zona do Parque das Azenhas.

Sérgio Humberto, presidente da Câmara da Trofa, adiantou que o Parque das Azenhas está quase totalmente executado, mas a cheia provocou estragos avultados. “Podemos estar a falar de mais de meio milhão de euros de prejuízos e a Câmara não tem possibilidades, todos os anos, perante as cheias, de gastar esse dinheiro. Numa instalação daquelas, estamos a falar de postes de iluminação e redes de vedação danificados, piso que foi levantado e vegetação que desapareceu.
Quem conhece a Trofa sabe que, em situações de cheia, o rio sobe duas a três vezes por ano. Temos que ter a consciência que este projeto, que já vem desde 2007 a ser projetado, tem deficiências profundas e que deviam ter sido alteradas há dois ou três anos antes de iniciar a obra. Temos que encontrar soluções para reformular”, adiantou.

O presidente adiantou ainda que “as cheias na EN14 junto à Câmara são recorrentes e o edifício municipal teve a sua cave inundada, o rés do chão com 20 centímetros de água e os processos ficaram ensopados”. “As inundações já vêm do tempo de Santo Tirso, que se taparam madrias de água, bueiros e deixou-se construir de forma desenfreada e hoje causa-nos um problema enorme”.

Apesar de haver um projeto para resolver o problema, o mesmo “é incomportável” garante Sérgio Humberto adiantando que são necessários “dois milhões de euros”. “A Câmara gostava de gastar dois milhões de euros e resolver o problema de forma definitiva, mas é completamente dispendioso e impossível gastarmos esse valor. Temos de arranjar outras soluções financeiras mais viáveis para o concelho”, adiantou o autarca.

Estradas nacionais cortadas devido às cheias

Vítor Pinto explicou que o primeiro alerta de emergência, devido à subida das águas do rio e à forte precipitação, foi dado às 20 horas do dia 2 de janeiro, tendo, “de imediato” sido encerradas duas estradas nacionais: a EN14, que só foi reaberta às 12 horas do dia 3 de janeiro, e a EN104, que reabriu às 8 horas. “Estas estradas estão a ser vigiadas e alvo de muita preocupação por parte dos serviços de emergência da Trofa. Devido à muita chuva, o piso está saturado e não consegue absorver as águas”, asseverou.

Publicidade

Durante a noite, a PM da Trofa registou cerca de 50 ocorrências, desde pedidos de socorro devido à entrada de água em casas particulares e unidades fabris, ao registo de muitas viaturas submersas.

O responsável da PM da Trofa alertou, ainda, para alguma “falta de cuidado” por parte dos munícipes, aconselhando que “cortem imediatamente a corrente de luz se a água começar a entrar em casa”. “Mas nem todos o fazem, assim como nem todos seguem as ordens de desvios de trânsito ao ponto de ficarem bloqueados na estrada devido à muita água”, frisou.

No terreno estiveram várias patrulhas da PM, Bombeiros Voluntários, Comando de Proteção Civil e GNR. Vítor Pinto adiantou que só da PM tem “todo o efetivo, mais de dez agentes, no terreno”.

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Trofa

Exposição sensibiliza para igualdade de género

O auditório Tomé Carvalho, na sede da Cruz Vermelha da Trofa, recebe, a 6 de outubro, uma nova exposição.

Publicado

em

Por

O auditório Tomé Carvalho, na sede da Cruz Vermelha da Trofa, recebe, a 6 de outubro, uma nova exposição. Trata-se de uma mostra fotográfica, denominada “Na pele d@s ≠ ´s”, um projeto da Câmara Municipal da Trofa integrante do Plano Municipal para a Igualdade e a Não Discriminação (PMIND). “Sensibilizar a comunidade para a importância da igualdade de género e não discriminação, procurando combater a reprodução das desigualdades e promover comunidades mais justas, inclusivas e democráticas” é o objetivo da exposição.
A inauguração está marcada para as 15h00 de 6 de outubro e exposição podem ser vista até 31 de outubro.

Continuar a ler...

Desporto

Taça de Portugal – Trofense recebe o Famalicão

Publicado

em

Por

O Trofense vai receber o Famalicão no jogo da 3ª eliminatória da Taça de Portugal.

O sortei realizado da 3ª eliminatória, já contou com a participação dos clubes da Liga Bwin que, em caso de confronto com equipas de escalões inferiores, jogam fora de casa, ditando que que a equipa da Trofa jogara contra a equipa famalicense, numa elimiatoria agendada para os dias 15 e 16 de outubro, no estadio do CD Trofense.

Os jogos da 3ª eliminatória da Taça são:

Serpa – Gil Vicente
Fontinhas – Arouca
Mafra – Marítimo
Machico – Boavista
Valadares Gaia – Chaves
Caldas – Benfica
Felgueiras – SC Braga
Canelas 2010 – Vitória SC
Anadia – FC Porto
Oliveira do Hospital – Rio Ave
Trofense – Famalicão
Varzim – Sporting
Amora – Estoril
Tondela – Santa Clara
São Martinho – Casa Pia
Vitória FC – Paços de Ferreira
Penafiel – Vizela
Lank Vilaverdense – Portimonense
Vianense – Beira-Mar
Rabo de Peixe – Sertanense
Imortal – Farense
Académico de Viseu – Oriental
Tirsense – Leixões
Bragança – Pevidém
Montalegre – São João de Ver
Sanjoanense – Belenenses
Nacional – Oliveirense
Olhanense – B SAD
Pêro Pinheiro – Sporting Pombal
Dumiense – Real SC
Moreirense – Vilafranquense
Courense – Camacha

Liga Portugal 2 Sabseg: SC Farense, Moreirense FC, Leixões SC, B SAD, CD Mafra, FC Penafiel, UD Vilafranquense, CD Trofense, UD Oliveirense, Académico de Viseu FC, CD Nacional e CD Tondela.

Liga 3: Varzim SC, CDC Montalegre, AD Sanjoanense, FC Oliveira do Hospital, CF Os Belenenses, Caldas SC, Amora FC, Canelas 2010, São João de Ver, Real SC, Lank Vilaverdense, Vitória Futebol Clube, FC Felgueiras, GD Fontinhas e Anadia FC. 

Campeonato de Portugal: Pevidém SC, FC Serpa, SC Vianense, GD Bragança, Imortal Desportivo Clube, SC Olhanense, SC Beira-Mar, FC Tirsense, CA Pero Pinheiro, Valadares Gaia FC, AR São Martinho, CD Rabo de Peixe, Dumiense CPJ, AD Machico, AD Camacha e Sertanense FC.

Publicidade

Distritais: SC Courense, Clube Oriental de Lisboa e SC Pombal. 

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);