matilde.jpg

 

 

 

 

Tal como em anos anteriores, o Concurso Literário Nacional da Trofa – Conto Infantil, voltou a superar todas as expectativas. Este ano participaram 315 autores oriundos de todo o país.

A cerimónia de entrega dos prémios decorreu no passado dia 9 de Junho no Auditório da Junta de Freguesia de Santiago de Bougado, na presença da conhecida escritora Matilde Rosa de Araújo, que revelou o nome dos vencedores, com o presidente da autarquia, Bernardino Vasconcelos e os restantes membros do Júri.

O primeiro prémio do concurso foi atribuído ao conto Pirilampo e os Deveres da Escola, de João Aberto Fernandes Roque, da Gafanha da Nazaré, o segundo prémio foi para a Catarina Correia Marques de Lisboa com o conto O senhor que perdeu a inspiração, o terceiro classificado foi Inês Costa Lopes, de Lisboa, com o conto Bolinhas Pintor.

O conto Raimundo o Menino que tinha o mundo na mão, de Helena Zália Martins Pereira, da Gafanha da Nazaré, obteve a classificação máxima na categoria de melhor Ilustração, enquanto que o prémio Património foi atribuído a Manuela Crespo, de Lisboa, pelo conto A história do Trofa na extraordinária terra das Letras.

A entrega dos prémios do Concurso transformou-se na festa da literatura, marcando também a homenagem nacional da Câmara Municipal da Trofa ao escritor Eugénio de Andrade e ao compositor Fernando Lopes – Graça, com a interpretação pelos Meninos Cantores do Município da Trofa (MCMT) do concerto “Esta nuvem e outras” – uma obra daqueles dois autores.

A autarquia trofense, homenageou desta forma, o escrito Eugénio de Andrade desaparecido em Junho de 2005.

Dos 315 contos concorrentes foram seleccionados 21 finalistas que reuniram condições par chegar à avaliação do Júri final. Este ano a autarquia revela também os nomes das 21 obras finalistas.

O júri final que avaliou as obras recebidas, foi este ano, mais uma vez, constituído por diferentes personalidades da área da literatura infantil nacional: António Torrado, Escritor; Armandina Maia, Escritora; Matilde Rosa Araújo, Escritora; Viale Moutinho, Escritor e António Pontes, Vereador do Pelouro da Cultura da CMT.