A jornalista Maria João Avillez irá apresentar no próximo dia 25 de Maio, pelas 21h30, o filme "O Leopardo", no âmbito da iniciativa "Um Livro, Um Filme", no Centro de Estudos Camilianos, uma unidade de investigação literária da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão associada à Casa-Museu de Camilo Castelo Branco, em S. Miguel de Seide.

Maria João Avillez – que fez a sua carreira de jornalista entre o "Expresso", o "Público", a RTP a TSF e a SIC, colaborando actualmente na revista "Sábado" e no Rádio Clube Português – escolheu um dos filmes mais  marcantes da carreira do realizador Luchino Visconti, baseado no livro «Il Gattopardo», de Giuseppe Tomasi di Lampadusa. Apesar das diversas críticas de que já foi alvo, "O Leopardo" (1963) resistiu ao tempo, sendo,  ainda hoje, considerado um marco cinematográfico, não só pela sua abordagem, mas também pela sua beleza estética, pelo rigor da realização, pelo apurado trabalho fotográfico de Giuseppe Rotunno e pela excelente banda sonora, que inclui uma valsa inédita de Giuseppe Verdi. Para além da frase-chave que resume toda a história – "É preciso que tudo mude para que tudo continue como está" -, a longa e luxuriante cena do baile ficaria para sempre associada a este filme.

"O Leopardo" tem como pano de fundo a Sicília, em 1860, numa altura em que era dominada pelo ramo espanhol dos Bourbons. O Príncipe de Salina, Don Fabrizio (Burt Lancaster), é um aristocrata que tenta manter o anterior modo de vida, apesar dos tempos de mudança. Quando começa a perceber que o movimento de unificação de Itália, iniciado por Garibaldi, vai alterar de forma definitiva a estrutura do poder dominante na Sicília e na aristocracia local, ele fica preocupado. A ascensão da burguesia é encarada por si como uma ameaça, mas numa manobra astuta, o aristocrata combina o casamento do seu sobrinho Tancredo (Alain Delon) com Angélica (Claudia Cardinale), filha de um rico e influente administrador de propriedades. Fiel aos seus valores, D. Fabrizio consegue assim manter acesa a chama do antigo regime.

Depois da projecção do filme, Maria João Avillez irá explicar as razões da sua escolha e comentar algumas das principais cenas desta obra cinematográfica.

CICLO "UM LIVRO, UM FILME"

Convidado: Maria João Avillez

Filme: "O Leopardo", de Luchino Visconti (1963)

Local: Centro de Estudos Camilianos, em S. Miguel de Seide, Vila Nova de Famalicão

Data e hora: 25 de Maio de 2007, às 21h30

Acesso: Entrada livre até ao limite do auditório (150 lugares)